Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Há Poder no Nome de Jesus
(Apascentar de Louvor)

Tiago Abreu em 15/02/2016
Para o Super Gospel
Há Poder no Nome de Jesus

Compre este CD agora

Faixas:
1. Abertura
2. Um Milagre
3. Precioso Sangue
4. Magnífico
5. Casa do Oleiro
6. Há Poder
7. Som do Céu
8. Não Desanime
9. Extraordinário
10. Coração Aquebrantado
11. Reflexão sobre a Cruz
12. Amor Extraordinário
13. Extremo
14. Chegou a Hora
De 2003 até o início de 2007, o Apascentar viveu tempos gloriosos. Tudo o que veio depois serviu para reverenciar os feitos passados, especialmente pela parceria Luiz Arcanjo/Davi Sacer, talvez a mais notável da última década. A partir da formação posterior, o (ainda) Toque no Altar afunilou seus horizontes e passou a cantar exaustivamente sobre prosperidade, milagres e curas, deixando a poesia e reflexão de lado. A crise de criatividade na insistência da fórmula apenas subiu o “fantasma” da formação clássica na história do conjunto.

Quando Davi Sacer gravou Ao Deus das Causas Impossíveis (2011) com a produção de Kleyton Martins – um registro praticamente solo assinado pelo Apascentar – a referência tornou-se ainda mais evidente. Em “Mudou”, faixa de encerramento, Sacer passava o bastão para um suposto novo momento na carreira do grupo.

Há Poder no Nome de Jesus, novo disco de inéditas do grupo, foi anunciado desde 2014 com outro título e muito suspense. Na prática, o bastão simbólico não foi totalmente entregue. Ronald Fonseca, responsável pela produção de vários discos da formação clássica, como Toque no Altar (2003) e Olha pra Mim (2006), além de respeitáveis projetos do Trazendo a Arca como Marca da Promessa (2007) e Pra Tocar no Manto (2009), assina a produção musical da obra. Alguns compositores externos como Anderson Freire e Marcelo Manhãs se fazem presentes. A nova formação esteve relegada à execução instrumental. Execução que, de antemão, é voltada a sonoridade que tornou o grupo conhecido.

Marcus Gregório, conhecido pelo controle que detém sobre o grupo, puxa ainda mais as rédeas através de um discurso na Abertura e a composição Não Desanime, com as mesmas temáticas de autoajuda focadas em prosperidade e milagres. Se em termos líricos o álbum não indica uma nova fase para o Apascentar, a sonoridade segue os mesmos rumos. Há várias referências nos arranjos: Som do Céu é conduzida semelhantemente a “Entre a Fé e a Razão”, uma das últimas músicas do Trazendo a Arca produzidas por Ronald Fonseca; Um Milagre lembra fortemente “Vencedor”, de A Vitória da Fé (2009). Mas há novidades aqui e acolá. Precioso Sangue, um divertido gospel com backings marcantes traz uma das melhores características do conjunto.

Como arranjador responsável pela construção da identidade musical do Apascentar, Ronald sabe como a música deve soar. As execuções instrumentais são o melhor que o disco pode oferecer. Embora a faixa de abertura nos lembre de que fato o trabalho está longe de ser realmente ao vivo, conta com cordas que remetem às habilidades eruditas do produtor. Elas dão sequência a uma pegada muito semelhante a que Ronald fez em Entre a Fé e a Razão (2010) do Trazendo a Arca e Confia (2014), do Unção de Deus: Um som mais "pesado", direto, com perfil de banda, mas sem se render totalmente ao pop rock norte-americanizado. Um Milagre e a faixa de encerramento Chegou a Hora contam com vocais fortes, metais fortes e riffs fortes. Em contrapartida, o vocalista Samuel Vinholes, maior novidade do projeto, chega a destoar em muitos momentos na necessidade de acompanhar estas mudanças. Suas interpretações são de coçar a garganta.

O repertório, musicalmente falando, é muito bom. Ronald Fonseca consegue fornecer legitimidade através da música. As letras, não entanto, ainda não mostram a quê a nova formação do Apascentar veio. O disco ainda soa muito semelhante aos projetos anteriores do grupo, principalmente os lançados após Deus de Milagres (2008).

Nota: ★★★☆☆


Compre o CD Há Poder no Nome de Jesus na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.