Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Lindo Senhor
(Carlinhos Felix)

Tiago Abreu em 27/12/2012
Para o Super Gospel
Lindo Senhor

Compre este CD agora

Faixas:
1. Pra Te Adorar
2. Guiado Pela Tua Mão
3. Amor De Deus
4. Baião Eletrônico
5. Lindo Senhor (Beautiful Lord)
6. Ouça A Sua Voz
7. Santo Nome
8. Diga Lá
9. Sobre O Amor
10. Um Tempo Atrás
11. Basta Querer
12. Meu Louvor
13. Marca da Promessa
2012 foi um ano de grandes novidades para o cast da Sony Music Brasil direcionada ao meio cristão. A jovialidade de Gabriela Rocha, Lydia Moisés e Marcela Taís, o pop rock de Tanlan, mas também a experiência e maturidade musical de Carlinhos Felix foram algumas das novidades da gravadora este ano.

E quando digo em experiência, esta não é de apenas 10, 15, 20 anos. São mais de trinta anos de carreira musical. Provavelmente poucos viveram tantas mudanças e contextos diferentes na história da nossa música cristã como Carlinhos. Ainda jovem, com cerca de dezessete anos integrou a primeira formação da banda de pop rock/rock progressivo Rebanhão que, além do sucesso extremo, foi responsável por apresentar uma nova musicalidade à música cristã, além de ficar marcada como a segunda banda cristã desse estilo surgida no Brasil e sendo uma das mais importantes de todos os tempos. Ali, junto com Carlinhos havia Janires, Pedro Braconnot e Paulo Marotta, entre outros, que contribuíram para esta história de sucesso.

Em 1991, ainda no Rebanhão, o cantor iniciou sua carreira solo lançando pela Warner um de seus trabalhos mais elogiados, o álbum “Coisas da Vida”. De lá pra cá o cantor somou várias premiações e trabalhos. Vale frisar sua passagem por várias gravadoras, as quais lançaram vários discos notáveis mas, eu particularmente, destaco o álbum “Ao Vivo”. lançado em 1996 pela MK e “Na Tua Sombra”, lançado em 2004 pela Graça Music, os quais, em minha opinião, são os melhores trabalhos da carreira a solo de Carlinhos Felix.

Agora, em dezembro de 2012, lança em formato físico e digital seu mais novo disco, de título “Lindo Senhor”, gravado ao vivo no evento Jesus Vida Verão em janeiro de 2011. É um trabalho cujo a maioria das canções são regravações, o que não desperta muito interesse do público em geral. Porém eu tive muita expectativa em relação à este trabalho e ele não me decepcionou.

O projeto gráfico, na minha opinião, não é à altura do trabalho, nem ao alvo que ele deseja alcançar. Completamente sem conceito e sentido é um aspecto negativo do trabalho. Há quem diga que o que importa é o conteúdo mas, particularmente, considero o projeto gráfico como parte do conteúdo e este poderia ter sido bem mais caprichado. Talvez uma foto do show da capa tivesse ficado melhor. Vamos às canções.

A primeira faixa do trabalho é Pra Te Adorar. Inédita, é uma das melhores do repertório. De fácil aprendizado, com uma letra cristocêntrica, mas pouco repetitiva. No arranjo, elogio aqui os riffs da guitarra e a sonoridade do teclado, belíssimo, resultando numa canção pop rock com elementos do rock progressivo, bem ao estilo do Carlinhos. A interpretação do cantor também está excelente.

Suave, um bom folk é a canção Guiado pela Tua Mão. Canção vertical, mas sem ser clichê, o que não é muito comum em termos congregacionais atuais. Gostei da execução suave do violão e da bateria. Outra faixa de grande peso no repertório.

A primeira regravação do projeto, desta vez de outro artista, é a canção Amor de Deus, original da banda Fruto Sagrado, em um dos melhores trabalhos deste conjunto, “O que a gente faz fala muito mais do que falar”, de 1995. Canção com uma letra um pouco informal e vertical recebeu poucas alterações de sua versão original, somente uma presença maior dos teclados.

O single da obra, e mais uma regravação, é a canção Baião Eletrônico. Sua versão original foi lançada em 1988 no álbum “Espelho nos Olhos”, clássico da Banda Azul. A canção é de autoria de Janires em parceria com Moisés di Souza. Sua informalidade, essência evangelística e a letra incomum faz com que esta seja uma das melhores canções do repertório, aliado aos novos arranjos que a transformou de um simples baião em uma canção com traços do rock progressivo e pop. Gostei bastante da repaginada e, pelo tempo em que a faixa foi gravada, a escolha de regravação foi de ótimo gosto.

A faixa-título, Lindo Senhor, é uma versão da banda de rock Leeland, que curiosamente tem um estilo musical parecido com o de Carlinhos. Em relação à versão original, o arranjo praticamente é o mesmo. A letra da canção é de entrega e ficou ótima.

Uma das canções de trabalho do álbum “Obediência”, lançado em 2008 pela gravadora Boas Novas, é a faixa Ouça a Sua Voz. A canção em si é excelente, mas é uma regravação de uma canção tão recente, que sua inclusão poderia ter sido evitada. Instrumentalmente gostei bastante dos riffs da guitarra e o som do teclado.

Até aqui, as captações ao vivo do trabalho estavam bem tímidas, porém a partir da sétima canção a participação do público se torna mais notável. É aqui que o disco chega ao seu ápice. Santo Nome foi o single do elogiado álbum “Na Tua Sombra”, lançado em 2004. A canção, bem pop rock, faz o público literalmente sair do chão e cantar: “Teu nome é santo, maravilhoso És Tu meu Pai...”. Contagiante. Destaque para os vocais de apoio e os riffs country da guitarra.

Diga lá é oriunda do álbum “Basta Querer”, lançado em 1993 pela MK Music. A canção, bem pop rock, enfatiza a guerra interior a qual o indivíduo mostra-se perante às pessoas e a sociedade que está bem, se por dentro não está nada agradável. Os vocais de apoio dão aquele brilho no refrão e os toques de guitarra são de bom gosto.

A nona canção, de autoria do cantor Carlinhos Felix, é Um Tempo Atrás, registrada também no álbum “Basta Querer”. Sua letra frisa a mudança de vida e alegria através de um encontro de Deus. Agradei-me da interpretação de Carlinhos e da sonoridade do baixo que, apesar de estar um pouco apagado neste trabalho, teve seu destaque nesta canção.

O maior hit do cantor nos anos 90 foi regravado neste trabalho com arranjos bem elaborados e uma participação do público que resulta num dos melhores momentos do disco. Basta Querer, do álbum homônimo de 1993, é uma canção de entrega, de autoria de Jorge Guedes. Destaque para o solo de guitarra no meio da faixa e a sonoridade do piano na introdução.

Meu Louvor foi registrada inicialmente no álbum “Obediência”. O destaque dessa faixa vai para o refrão, de fácil assimilação e a pegada progressiva da primeira estrofe. Ao fundo o som do baixo e do teclado e nos refrões os vocais de apoio.

Para fechar o disco com chave de ouro, talvez com uma das regravações mais inesperadas pelo público é da canção Marca da Promessa, hit da aclamada banda congregacional Trazendo a Arca, lançada em 2007 no álbum homônimo. A música, de autoria de Luiz Arcanjo, Davi Sacer, Ronald Fonseca e Deco Rodrigues aqui foi reformulada com arranjos bem abrasileirados e em alguns pontos bem pop rock, do estilo de Carlinhos. A participação do público durante a canção é notável. Execelente versão para uma excelente música.

Após essa análise das canções deixo aqui minhas considerações gerais sobre o disco. Apesar de três canções inéditas, sendo uma versão, poderia soar como negativo, mas a maior parte das faixas foram gravadas há um tempo considerável, o que não soa como negativo. Nota-se que, mesmo após trinta anos de carreira, Carlinhos não envelhece musicalmente, sempre buscando reinventar-se. Particularmente acho que este trabalho é bastante parecido com “Na Tua Sombra” e o estilo do cantor no Rebanhão, às vezes pop, às vezes rock progressivo, às vezes bem abrasileirado. Canções verticais, informais, evangelísticas, um repertório rico. Na minha opinião um dos melhores álbuns de música cristã do ano de 2012 e que simboliza um retorno às origens de Carlinhos. O que pesa fortemente negativo em “Lindo Senhor” é a capa. Considerando tudo o que disse nesta análise, o álbum merece nota 8 de 10.


Compre o CD Lindo Senhor na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.