Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Só em Jesus
(Livres para adorar)

Tiago Abreu em 20/09/2015
Para o Super Gospel
Só em Jesus

Compre este CD agora

Faixas:
1. Vou Voar
2. Salmo 23
3. Porque Ele Vive (Amém)
4. Só em Jesus
5. Espero em Ti
6. Dancei
7. Som da Trombeta
8. Meu Mundo
9. Te Exaltamos
10. Vou Ficar Aqui
11. Marcas
12. Louco
Há quatro anos, o Livres para Adorar surpreendia por produzir um disco sobre suicídio. Acerca de um tema que ainda é, infelizmente, um tabu no meio cristão, a banda soube trazer, com profundidade e clareza, a esperança e a melancolia, a agonia e a paz, flertando o britpop que já se tornou padrão melódico em suas obras.

Mais um Dia foi um disco grandiosamente criativo, mas também sombrio, introspectivo e triste. Talvez as guitarras, mais evidenciadas em músicas mais aceleradas, abafavam as letras tão cheias de desespero e crise existencial. Mesmo assim, no mesmo trabalho, Juliano Son não se limitou a lamentos e deixou claro, especialmente nas duas últimas canções, quem seria o remédio para tanta dor. Só em Jesus, novo lançamento do grupo, dá a continuidade para este discurso e é a resposta para os questionamentos do projeto antecessor.

O álbum é centrado, basicamente, na mesma musicalidade que os tornaram conhecidos, mas fundindo, levemente, ganchos tipicamente mineiros, britânicos e eletrônicos sob a sonoridade. Se, no cenário cristão, a primeira banda a prestar tributo ao rock inglês foi o Resgate (1997), o Skank, lá no mainstream, fez em Cosmotron (2003) algo que seria seguido pelo Livres em 2015: fundir influências de Beatles e Clube da Esquina em alguns momentos. Claro que aqui e ali há explicitas (e desnecessárias) referências ao Coldplay, entretanto, a banda se mostra cada vez mais madura e esforçada em ter a identidade ideal de seu som.

A faixa de abertura, Vou Voar, é uma vitrine para toda a banda, especialmente Juliano Son, que, menos introvertido, abrilhanta a melhor e mais rica música do disco. A esperança se expande para as eletrônicas Salmo 23 e Porque Ele Vive (Amém). Trazendo lampejos de outros gêneros extra-rock, o disco causa, a princípio, estranhamento pela longa Espero em Ti, também se rende a faixas pouco ortodoxas, mas curiosas e inteligentes, como a dub Som da Trombeta. E o cover Vou Ficar Aqui consegue acrescentar substância à composição de Lucas Souza.

Mas os destaques, além do single, vão para as músicas que fecham o registro. Os hammonds e piano de Ruben di Souza se fazem (agradavelmente) presentes em Marcas, enquanto a questionadora Louco combina o groove da guitarra de Dyck Friesen com os versos mais fortes do disco. Consideravelmente agradável, o disco é um esforço parcialmente conceitual do Livres para Adorar, sem fugir da devoção pop de sua música. Não soa tão maduro quanto Mais um Dia, mas há faixas agradáveis e eficientes aqui e ali.

Nota: ★★★


Compre o CD Só em Jesus na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.