Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Caminho de Revolução
(Lucas Souza)

Roberto Azevedo em 09/01/2006
Para o Super Gospel
Caminho de Revolução

Compre este CD agora

Faixas:
1. És real pra mim
2. Feitor da história
3. Estrela da manhã
4. Deixe o reino vir
5. Grande é o nome do Senhor
6. Tua beleza é maior que a vida
7. Como um rio
8. Glória, te darei a glória
9. Venho adorar-te
10. Revolução
11. Obsessão
Lucas Souza faz parte da nova safra de ministros de adoração do Brasil. Seu primeiro trabalho, intitulado Capturado, foi fruto de profundas experiências com Deus levando-o a ministrar em diversas conferências e reuniões de avivamento por várias cidades do Brasil

O disco tinha como característica principal a contemporaneidade das canções, destacando-o como novo expoente daquilo que Deus está fazendo entre os jovens desta geração.

Após um período de retiro em dezembro de 2004, o cantor e compositor recebeu uma palavra clara do Senhor, baseada em Isaías 61, palavra que resultou, mais de um ano e meio depois de Capturado, na gravação de seu novo projeto, intitulado Caminho de revolução.

Neste album podemos desfrutar de mais 11 canções bem contemporâneas, letras profundas e originais e adoração intensa e vertical. Se pararmos para escutar vamos perceber que as canções estão bem homogêneas e os versos e palavras que são entoadas são em louvor ao Senhor Jesus.

Os arranjos e harmonias sinalizam influencias assumidas de alguns líderes de adoração da atualidade e pouco conhecidos no Brasil (pelo menos no que se refere as massas), como Matt Redman, Chris Tomlin, Charlie Hall, David Crowder e Tim Hughes, e de três bandas especificamente, Delirious?, Coldplay e U2.

O culto foi gravado ao vivo nos dias 11 e 12 de março e lançado no mês novembro. Lucas contou com a banda que o acompanha desde o início, composta por Lúcio Souza (sintetizadores, piano), Jorge Júnior (guitarra), Eduardo Mendonça (baixo) e Marcos Vinícius (bateria).

A gravação foi feita ao vivo, com todos usando metrônomo. Se por um lado essa iniciativa os forçou a fazer o dobro de ensaios necessários, por outro lado cd sai com o máximo de honestidade musical e o mínimo de overdubs e efeitos de estúdio. Diferente do cd anterior, desta vez não temos a participação, mais do que especial, de Heloisa Rosa nos vocais.

O disco mantém a levada pop-rock com uma pegada bem diferente do “padrão atual de adoração”, fato que deixa as músicas com uma sonoridade muito interessante.

E melhor ainda...desta vez curtimos a atmosfera de adoração criada em uma gravação ao vivo.

Outra característica do trabalho anterior que foi mantida é a bela programação visual do encarte.

E Melhor ainda...desta vez temos uma faixa interativa que contém as cifras, fotos e o excelente vídeo clipe da faixa bônus “Eu quero ir”.

O disco segue por canções que proclamam o reino, a glória e a majestade de Jesus, acompanhadas pelo forte, consistente e afinado timbre vocal de Lucas.

És real pra mim começa com um potente riff de guitarra que abre caminho para essa canção que proclama a libertação que existe no amor do Senhor. Com uma pegada pop rock de primeira temos uma “palinha” do que vamos ouvir no decorrer da gravação.

Feitor da História é uma versão para “History Maker” de Martin Smith, vocalista da banda Delirious? (do cd King of Fools). A partir dos primeiros acordes já temos aquela sensação de sonoridade singular no gospel nacional. Lucas aproveita esta canção para ministrar a platéia sobre a mensagem do album, que consiste em proclamar uma revolução de amor e de vida, baseada na palavra de Isaías 61.

Estrela da manhã versa sobre a direção que temos em Cristo.

Deixe o reino vir, Grande é o nome do Senhor, Tua beleza é maior que a vida, Como um rio e Glória, te darei glória são canções mais contemplativas com estrofes e refrãos envolventes e empolgantes sem perder a pegada pop rock.. As letras revezam momentos de adoração e poesia com momentos reflexivos e confrontantes.

Venho adorar-Te é uma versão para Here I am to worship, também gravados pelo 4 por 1 no cd De volta a inocência e por Massao Suguihara e Ana Paula Valadão no Adoração e Adoradores. Apesar de ser um louvor meio “batido” a interpretação de Lucas contagia.

Revolução cria o clima para a canção que definitivamente vai de encontro a tudo que ouvi até hoje relacionado ao que conhecemos como padrão de adoração.

Obsessão é outra versão de Martin Smith (esta é do cd Cutting Edge) que surpreende e agrada. Totalmente impactante, principalmente no explosivo refrão que diz “meu coração queima por Ti”. Destaque para a poesia e intensidade da letra, o clima que a banda constrói no arranjo, e a mensagem que a música nos transmite.

“O que eu faço com a minha obsessão? ...Estou tão sujo em meu pecado e o meu orgulho é uma doença...mas tu me cobres...meu coração queima por Ti”. Parece um salmo de Davi...Vale a pena conferir.

O vídeo bônus Eu quero ir que faz parte do pacote multimídia da gravação é excelente, mas nos deixa com o gostinho de querer ver o registro do culto também em dvd. Quem sabe o dvd não pinta no próximo disco?

“Em Caminho de Revolução podemos dizer que encontramos o elo que procurávamos em Capturado. Esse elo é exatamente o pavio da bomba incendiária que é mensagem e a musicalidade desse CD na nossa existência. Primeiramente porque adveio de uma palavra do Senhor a nós, este álbum não é uma construção estabelecida sobre a base de uma necessidade comercial ou contratual qualquer. Mas foi escrito de joelhos, num berço de criatividade vertical, onde as melodias e as palavras coabitam. A palavra central do álbum é Isaias 61. Ela percorre de várias formas todas as canções, sem nenhuma exceção. Já a musicalidade está na vertente da chamada adoração contemporânea. Não por ser superior a adoração de outras datas, o que seria uma falsa pretensão perniciosa, mas por acoplar valores musicais e intelectuais significativos de um adorador habitante da sociedade contemporânea. Dessa forma nos despojamos de todas as coisas e seguimos por essa estrada, rumo ao destino já conhecido: o encontro com a Verdade”, diz Lucas Souza.

Como a gravação anterior, este album também tem tudo o que é necessário para agradar tanto quem curte os grupos de rock adoração, quanto quem curte os grupos de louvor mais tradicionais.

E como disse na outra análise, é realmente muito gratificante confirmar a existencia de trabalhos sérios e com qualidade musical e espiritual fora do monopólio das grandes gravadoras.


Compre o CD Caminho de Revolução na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.