Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Pretérito Imperfeito, Mais que Perfeito
(Resgate)

Roberto Azevedo em 19/08/2011
Para o Super Gospel
Pretérito Imperfeito, Mais que Perfeito

Compre este CD agora

Faixas:
1. Rock da Vovó
2. Ele Vem
3. Daniel
4. Todo Som
5. Acusador
6. 5:50 AM
7. Palavras
8. Liberdade
9. Em Todo Lugar
10. Restauração
11. Infinitamente Mais
12. Nome da Paz
13. Luciféia
14. Água Viva
15. Para Todos os Efeitos
16. O Rio
17. O Meu Lugar
18. Passo a Passo
19. Astronauta
20. Assim Caminha a Humanidade (inédita)
A Banda Resgate é considerada uma das principais referências de pop rock gospel de qualidade. Com 22 anos de estrada, o grupo tem uma vasta coleção de sucessos e muita história pra contar.

Em comemoração a este momento e atendendo aos pedidos de fãs de todo o país, a Sony Music lançou o CD Pretérito Imperfeito, Mais que Perfeito reunindo 19 canções que marcaram a discografia da banda e ainda nos presenteia com uma faixa inédita, a canção “Assim Caminha a Humanidade?”. A coletânea nos faz notar a evolução da banda.

Assim como o primeiro trabalho lançado pela nova gravadora – “Ainda não é o último” – o álbum se destaca pela qualidade do material, fazendo com que valha a pena adquirir o CD original e ficar apreciando o design da capa (em formato digipack) e o encarte.

O encarte vem recheado de fotos do arquivo pessoal dos integrantes do grupo, algumas são antológicas, com destaque para o visual das cabeleiras. No lugar das letras, podemos ler declarações dos músicos contando curiosidades bem interessantes sobre os hinos. A montagem da capa também é um caso a parte. Show de bola!

O site oficial do grupo ainda apresenta a identidade visual do disco anterior, mas com certeza ficaria muito bacana se o design de Pretério imperfeito... fosse explorado também na web.

Gravada no primeiro estúdio de Rick Bonadio, em uma mesa de 8 canais, Rock da Vovó foi a segunda canção composta pela banda. A letra versa uma história fictícia de um cara que no meio da loucura se lembra dos conselhos de sua avó e se encontra com Jesus. Ouvindo a gravação original, dá pra notar o nível acadêmico de uma banda ainda em formação, mas que, na época, já se destacava com a letra “diferente” e os riffs de guitarra.

Ele vem disserta que Jesus está vivo, indo contra a noção errada que as vezes carregamos, tendo Jesus sempre associado com a crucificação e não com a ressurreição. A linguagem do arranjo já é um pouco melhor em relação a faixa anterior, assim como a melodia. As harmonias do Resgate são bem elementares, com poucos acordes e muita simplicidade, porém nesta música já temos uma pequena fuga dos mesmos três acordes de rock. Destaque para o solo de guitarra.

Em Daniel é notória a evolução da banda. Apesar de algumas falhas de mixagem e de ainda terem dificuldades em achar o som da banda, dá para perceber a melhora do grupo. A letra fala de uma decisão que devemos tomar em seguir a Deus. Mesmo com riscos, ainda que possamos cair na cova dos leões, saímos ilesos por termos feitos a opção correta em Deus. Faixa do disco “Vida, Jesus e Rock in roll”, lançado em 1993, a música é até hoje uma das mais pedidas nos shows.

Além de ser uma balada linda, Todo som é um daqueles louvores que surgem da intimidade com Deus. A canção é conduzida no estilo violão e voz. Uma curiosidade: O Estúdio de Rick Bonadio era em uma casa que tinha um quintal amplo e eles resolveram gravar a introdução e o final no jardim. Apesar das dificuldades em completar a externa, por causa dos carros e caminhões de gás que passavam na rua, no final deu tudo certo. Observação: Os pássaros são de verdade.

Um riff em Lá maior abre Acusador, que é uma declaração de consciência e compreensão sobre quem é Deus, quem é o diabo e quem somos nós. Fez parte do repertório de “On the rock”, que é meio Hard Rock e que, segundo os mais puristas, é o melhor trabalho da banda.

5:50 AM é talvez a mais antiga composição da banda e também uma das mais pedidas nos shows, se bem que, a execução de hoje é bem melhor do que a original. Um detalhe interessante é a cadência do hino, que é desenvolvido sobre um compasso 6/8, recurso que era comum no rock dos anos 60 e 70. Uma curiosidade: Hamilton tocava esse riff sempre nas passagens de som e nos ensaios, um belo dia a letra virou e a música aconteceu.

O Resgate não é uma banda de louvor comunitário e suas músicas visam quem não conhece ou nunca ouviu falar de Jesus, mas sempre surge uma canção um pouco mais “vertical”, como Palavras. Destaque para o desenvolvimento técnico dos músicos que, auxiliados por Paulo Anhaia, passaram a explorar melhor os acordes, suas inversões, facilitações para alguns riffs, idéias de passagem, repetições, pontes, turn arounds e etc...Destaque para a sonoridade clean, com percussão, violão e guitarra sem muitos efeitos.

Liberdade faz parte do CD “Resgate”, que tem algumas peculiaridades. Primeiro que ele não foi masterizado, apenas checaram os níveis de áudio e a seqüência das músicas, deixando a sonoridade bem “crua”. As letras deste álbum são bem na contra mão do evangeliquês e dos chavões gospel. O trabalho não foi muito compreendido na época, mas hoje ele é, e várias músicas são tocadas nos shows.

Em todo lugar é alusiva ao salmo 139. Destaque para a sonoridade alcançada na gravação, que, somada ao estilo da música, ao arranjo cru e sua letra, formaram um belo conjunto. Destaque para a sonoridade vintage do louvor.

O álbum “Resgate Praise” foi cercado de improbabilidades. Havia pouco tempo para ensaiar, cada um estava vivendo em uma cidade diferente e não havia nenhuma composição pronta, mas mesmo assim tudo deu certo e esse é um dos melhores momentos da banda, musicalmente mais maduros e bem melhores no desempenho ao vivo. Este momento é representado por Restauração, Infinitamente mais e Nome da paz.

Empurrados pela MTV, ouve uma época em que todas as bandas começaram a gravar seus sucessos em versões acústicas. No meio gospel não foi diferente e a banda Resgate também fez o seu registro “desplugado”. Destaque para a pegada big band de Luciféia e para Água viva, conduzida por um belo naipe de cordas e pelo competente back formado por Érica, Débora e Léia.

Representando o álbum “Eu continuo de pé” temos Para todos os efeitos. Este CD marca a entrada de Dudu Borges na banda, a princípio como convidado e anos depois definitivamente. O repertório possui uma proposta boa, mas traz consigo uma maré baixa nas composições.

Em 2004 gravaram “15 anos – ao vivo”, que trouxe os principais hits da banda, ao lado de três faixas inéditas, entre elas O Rio, que tem uma métrica cativante e O meu lugar que é um rock num compasso 3x4, que conta ainda com a participação especial de Faty nos contracantos.

Passo a passo é uma declaração de amor a Deus de uma forma diferente. Da letra veio o título do primeiro CD do Resgate produzido por inteiro pelo Dudu – “Ate eu envelhecer” - que faz alusão a idéia de se manter firme, até a vida acabar. Destaque para o riff da intro e para o solo de teclado no final.

Astronauta traz licks de guitarra e órgão acompanhando a bateria que executa diversas levadas, deixando a canção com uma dinâmica bem interessante.

Fechando o set list ouvimos a única inédita deste trabalho. Assim caminha a humanidade? foi deixada pra trás no “Ainda não é o último”, deixando espaço para o encaixe de “Vesúvio”. Mas parece não ter sido por acaso, já que, o fato de ser meio autobiográfica dá sentido a sua inclusão neste repertório.

(NE: Nos comentários sobre as faixas foram usados, com permissão, trechos dos relatos encontrados no encarte.)


Compre o CD Pretérito Imperfeito, Mais que Perfeito na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.