Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Tonight
(Tobymac)

Gleison Gomes em 02/05/2011
Para o Super Gospel
Tonight

Compre este CD agora

Faixas:
1. Tonight (featuring John Cooper of Skillet)
2. Get Back Up
3. Funky Jesus Music (featuring Siti Monroe)
4. City On Our Knees
5. ShowStopper
6. Hey Devil
7. Hold On
8. Changed Forever
9. Loud n Clear (TruDog 10)
10. Wonderin (featuring Matt Thiessen of Relient K)
11. Captured
12. Start Somewhere
13. Break Open The Sky
Em 2010, Toby McKeehan, ou melhor, TobyMac, lançou seu quarto álbum de inéditas, desde que ingressou em carreira solo em 2000. Para quem não se recorda, ele integrava o DC Talk.

Os discos anteriores foram: Momentum (2001), Welcome to Diverse City (2004), Portable Sounds (2007). Além desses, foram produzidos outros dois trabalhos, remixando os primeiros dois cds, que foram chamados de “Re: Mix Momentum” e “Renovation Diverse City”.

Tonight foi lançado nos EUA pela gravadora Forefront Records e distribuído em nosso país pela CanZion Brasil. Esse álbum possui 13 faixas e é uma produção assinada por TobyMac e Christopher Stevens, com exceção de duas faixas: “Funky Jesus Music” (Toby e Dave Wyatt) e “City on our knees” (Toby e Jamie Moore).

É um trabalho de fôlego, com uma elegante mistura de ritmos raramente vista na atualidade. Talvez essa seja uma das maiores marcas de Toby: a versatilidade. O repertório é uma viagem pelos mais variados estilos como pop, rock, hip hop e reggae, dentre outros. Para abrilhantar o disco, pelo menos em quatro faixas, percebe-se a presença dos charmosos charmosos instrumentos de sopro: o Saxofone, Trompete e Trombone. Além do mais, conta com participações de expressões da música internacional.

Por isso tudo, não à toa que este disco figurou entre os mais indicados na 42ª edição do Dove Awards (ocorreu dia 20 de abril de 2011, em Atlanta (EUA)). Tonight disputava em seis categorias e sagrou-se vencedor em uma delas – Melhor Álbum de Rock Contemporâneo do Ano. Vejamos agora algumas impressões sobre as músicas.

A primeira faixa, que por sinal intitula o disco, é Tonight. Nos vocais junto à Toby, temos Siti Monroe e John Cooper, vocalista da banda Skillet. Essa música é bem animada, com uma batida pulsante e para lá de dançante, podemos dizer que tocaria facilmente em qualquer “pista”. É um verdadeiro Hit. Foi dela que produziram um vídeo bem legal, cujo conteúdo mescla cenas de bastidores de alguns eventos em que Toby participou e outras em que ele canta a cançãoo enquanto anda de motocicleta pela cidade.

Depois segue Get back up que, em minha opinião, é a mais bela canção do álbum. Por isso só posso concordar com a indicação dessa faixa no Dove Awards na categoria de música do ano. A letra trata de esperança e em certo trecho da canção versa que ainda que nós estejamos fora do caminho, derrubados, ainda podemos nos levantar. Um trecho: “nunca é tarde demais para voltar-se novamente”.

Na sequência temos Funky Jesus music. Nesta, além de Toby e Siti, há também a participação de Beckah Shae nos vocais. Destaque para o oportuno uso do sax, trompete e trombone. É mais um “pancadão” e aqui o desafio é ficar parado.

A quarta música é City on our knees, cantada por Toby e Cary Barlowe. A canção foi o primeiro single do cd. “Cidade aos nossos Joelhos” possui um dos mais belos refrões do disco, nela todos são conclamados a vir, pois “Essa é a noite; Para os pecadores e os santos; Dois mundos se encontrarem em um lindo espetáculo; Tudo é amor essa noite; Quando ultrapassamos o limite; Podemos velejar pelo mar; Para uma cidade com um só rei; Uma cidade aos nossos joelhos; Uma cidade aos nossos joelhos”.

Prosseguindo com Showstopper. Essa mistura de rock e hip hop fica a cargo de Toby e Nirva Ready. Nirva também participa na próxima faixa, Changed forever (Mudado para sempre) e juntamente com Toby e Siti temos ainda Christopher Stevens. Destaque para uma guitarra vibrante e a letra bem interessante que retrata a questão da “mudança”, que lembra Jó, que conhecia a Deus só de ouvir falar, mas em certo momento disse que agora o via. O que se constata em certo trecho da música: “Eu ouvi seu nome, mas nunca havia visto Sua face, Havia sido tocado antes, mas nunca pelo Seu abraço, Tinha uma alma para perder e um mundo para ganhar; Mas então Você sussurrou meu nome”

Hold on é a sétima música. Ela é bem tranqüila e no estilo Hip Hop. Nela temos seis pessoas nos vocais: Toby, Cary, Christopher, além de Gabriel Patillo, Jason EsKridge e Jesse Frasure. É um lenitivo, uma dica a não desistir e agüentar mais um pouco. Vale conferir um pouco: “Acorde para o sol nascente; Agradeça ao Senhor pelas coisas que Ele tem feito; Levante seus olhos para a esperança que é sempre verdadeira; Quero ver você sorrindo, garota; Você é uma luz nesse mundo insensível; Enxugue essas lágrimas; Essa aqui é pra você”

A oitava faixa contempla uma proposta que já tem lugar tradicional nos discos de Tobymac, a aguardada participação de seu filho: Truett MacKeehan, conhecido nas faixas como Trudog (algo como Tru+cão/cachorro). A música chama-se Loud N clear (Trudog 10), e tem uma pegada de Rap. Junto a Trudog reforçam o vocal: Gabriel, Toby e seu outro filho, o mais novo, Judah MacKeehan. Numa linguagem bem popular “é um barato só!”.

Hey devil é mais um hino agitada. Faz uma trinca dançante da pesada com as anteriores “Tonight” e “Funky Jesus Music”.

O décimo louvor é Wonderin que tem a participação especial de Mattew Thiessen da banda Relient K. Além do uso bem articulado dos metais (os que já citei mais acima), a música é embalada por um piano, belissimamente, conduzido por Taylor Stevens.

Segue-se Captured que aborda sobre alguém capturado pelo amor de Deus. Já as influências jamaicanas estão presentes em Start Somewhere (novamente com o uso dos metais) e Break open the Sky (idem). Esta última é um reggae, vocalizada por Israel Houghton (ele foi premiado no Dove na categoria Álbum Gospel Contemporâneo do Ano
com “Love God. Love People”), Siti, Nirva, Ayiesha Woods e Jovanu Woods. Muito bela, os vocalistas entoam lindamente pedindo a volta de Jesus (Vem, Jesus, vem; Vem depressa; Vem depressa; abra, abra o céu).

Esta faixa possui duração total de 06:14 minutos, onde a partir dos 04:45, têm-se uma surpresa reservada para o final: uma outra versão de “Funky Jesus music”. Quase soa como uma paródia.

Tonight é um belo trabalho de TobyMac, e tem a duração de 1 hora e 1 minuto. E como esse tempo passa rápido! Há uma boa alternância entre músicas mais lentas e agitadas, de maneira que o ouvinte não se cansa. Uma faixa aqui nunca é uma coisa só, são vários estilos num só. É mais uma produção de sua “fábrica de hits”. Altamente recomendado a ser ouvido de manhã, de tarde e, inclusive, “esta noite”!


Compre o CD Tonight na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.