Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

DVD 16 anos
(Comunidade de Nilópolis)

Roberto Azevedo em 18/10/2007
Para o Super Gospel
16 anos

Compre este DVD agora

Faixas:
1. Abertura
2. Aquele que está feliz
3. Pai nosso
4. Deus transforma
5. Medley Aguaceiro e chuvarada
6. Na casa de meu Pai
7. Medley Descerá sobre Ti
8. Cria em mim
9. Hoje eu vou tocar nas vestes
10. O sonho de toda criança
11. Me falaram
12. O Amor (Banda Sol)
13. Falo a verdade (Banda Sol)
14. Que vida é essa
15. Deus sara essa nação
16. Não há Deus maior/Se eu colocar
17. Pai
18. Dance, dance
19. Eu quero é Deus
Em 1990 era lançado Descerá sobre Ti, primeiro disco da Comunidade Evangélica de Nilópolis. Canções como “Jesus é a aliança”, “Descerá sobre Ti” e “Tocar nas vestes”, alcançaram primeiro lugar nas rádios de todo o Brasil sem que o ministério realizasse qualquer tipo de mídia, e são tocadas nas igrejas até os dias de hoje.

16 anos depois, a Comunidade de Nilópolis, que foi um dos ministérios precursores na realização de gravações ao vivo, lança seu primeiro dvd com a seguinte concepção. “Não foi simplesmente um culto em uma grande casa de shows, mas, sobretudo, um espetáculo de louvor e adoração a Jesus, que merece toda honra, toda glória e o melhor a nível de música e estrutura”.

Neste intervalo de tempo lançaram Dom da vida (1992), Levantarei minha casa (1996), Eu quero é Deus (1998), Pai nosso (2000), Vamos celebrar (2002) e No céu (2005).

Levantarei a minha casa que possui no seu repertório o hino Não há Deus maior, veio para marcar uma nova fase na música gospel brasileira. A Comunidade de Nilópolis foi uma das pioneiras (se não a primeiro) a gravar um disco colocando o povo de Deus para cantar em primeiro plano. Uma ousadia para a época e alvo de muitas críticas. Seguindo o “conselho de Gamaliel”, vemos hoje o resultado onde mais de 90 % dos ministérios gravam seus trabalhos ao vivo.

Eu quero é Deus dispensa comentários. Pai nosso também foi lançado em VHS e comemora os 10 anos do ministério. Vamos celebrar marcou a rápida passagem da banda pela MK Music, porém deixando uma duradoura marca com a música “Cria em mim”, cantada e tocada nas igrejas de todo o Brasil.

O dvd, especialmente confeccionado em uma embalagem Digipack, teve o êxito de captar a atmosfera de total cumplicidade entre palco e platéia presente na Via Show. Além das imagens, temos o audacioso projeto de iluminação mesclados aos ritmos e a pegada inconfundível da banda, trazendo uma atmosfera perfeita em um dia inesquecível!

Os Extras trazem duas inéditas interpretadas com voz e violão: Essa paz e Vale a pena sonhar.

Temos ainda cenas da passagem de som da banda com a Baby do Brasil, galeria de fotos e discografia completa do ministério.

O bispo Marcus Vinicius traz uma pequena autobiografia sua e da trajetória da Comunidade de Nilópolis (super interessante por sinal) e uma palavra sobre o QCV (Quero Crescer e Viver) - Ministério com meninos de rua no município de Nilópolis.

O acústico de flash backs, que ficou fora da edição do filme principal, também pode ser visto aqui nos extras onde podemos acompanhar em violão e voz os hinos Batei palmas, O que nos querermos é o Teu amor, Vem demonstrar, entre outras. Realmente marcaram a época, gerando testemunhos de conversão e transformação na vida de muitos homens e mulheres.

No menu bastidores (making of) assistimos depoimentos do bpº Marcus Vinicius, de sua esposa bpª Dayse Lourdes e de seus filhos Rafael Oliveira (baterista e diretor artístico e musical do “show”) e Asafe Oliveira (vocalista da Banda Sol) ao lado de imagens do antes, durante e depois do evento.

A seqüência inicial traz a atmosfera festiva e jubilosa do pop rock desde o instrumental de Abertura. A primeira é Aquele que está feliz que é presença certa no repertório de grande parte de nossas igrejas. Realmente não dá pra ficar parado quando o naipe de metais ataca com a introdução.

Pai nosso e Deus transforma trazem a guitarra com uma pegada hardcore e muita, muita metaleira. A primeira versa sobre a oração ensinada por Jesus aos discípulos e tem como destaque o baixista. A segunda traz trechos dos salmos e uma batera com pedal duplo. Ambas trazem o público formando um grande e alegre coral.

Uma boa sacada do repertório são os medleys. O primeiro traz as maravilhosas Aguaceiro e chuvarada, O teu caminho ambas do álbum “Levantarei a minha casa” e Celebrai com júbilo do “Eu quero é Deus”. Essa última é um caso a parte. Sonzeira!

Após uma ministração por cura feita pelo bispo Marcus Vinicius temos Na casa de meu Pai. Temos uma boa presença do sax louvando a Deus e total interatividade da banda com a igreja, principalmente na “esticada” depois do final da música.

O segundo medley começa com Descerá sobre Ti que envolve desde a introdução. Emenda com Jesus é a aliança com uma pegada mais dançante e excelente participação do teclado fazendo cordas.

O bispo faz uma ministração espontânea com muita unção e ousadia antes de entoar Cria em mim que versa sobre o salmo 51.10. O hino é uma verdadeira oração e um desafio para todos nós cristãos. No final mais um espontâneo.

Valéria Lúcia, cantora solo, ex-integrante da Comunidade de Nilópolis, interpreta Hoje eu vou tocar nas vestes ao lado de Marcus Vinicius.

Uma formação acústica marca a interpretação de O sonho de toda criança. A introdução traz um sax soprano e a letra é a mais poética do repertório ao lado de Me falaram. Esta última é inédita e de autoria de Bira, ex-menino de rua.

Bira atualmente é músico, tecladista do ministério e vem alcançando vidas através de um audacioso projeto para meninos de rua no município de Nilópolis denominado QCV. A canção tem muita intensidade e uma pegada bem brasileira.

Na seqüência temos o lançamento da Banda Sol, que tem como vocalista Asafe Oliveira, filho do bispo Marcus. O grupo participa com 2 hinos. O pop rock O amor e a balada Falo a verdade. Ambas são muito boas. Vamos aguardar o mais que vem por ai.

Que vida é essa possui uma sonoridade muita explorada pelas bandas de rock nacional na década de 80. O hino é evangelístico e traz um arranjo instrumental cativante e envolvente.

Deus sara esta nação é uma oração por nosso país. No final temos uma ministração em ritmo de samba. Bacana.

Não há Deus maior dispensa comentários. Se fosse feita uma relação sobre os 10 hinos que mais marcaram a igreja nacional nos últimos anos com certeza esta estaria incluída.

Pai é uma verdadeira oração de contrição e entrega.

Pra fechar temos Dance, dance e Eu quero é Deus com participação de Baby do Brasil. As duas trazem de volta a metaleira, muita guitarra e muito júbilo na presença do Pai.

Com certeza este trabalho, que teve um cuidado todo especial na produção musical, veio para demonstrar que a música na Casa de Deus não é mais sinônimo de arranjos fracos, mas sim de excelência, pois Ele merece o melhor.

Maiores informações nos sites: www.comunidadedenilpoplis.com.br.


Compre o DVD 16 anos na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.