Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

DVD É Impossível, Mas Deus Pode
(Apascentar de Louvor)

Roberto Azevedo em 09/05/2008
Para o Super Gospel
É Impossível, Mas Deus Pode

Compre este DVD agora

Faixas:

CD 2:
1. Abertura (Vencedor)
2. Não importa o dia
3. O chão vai tremer
4. Eu vou viver uma virada
5. Se cumprirá
6. Selo do Teu amor
7. Te adoramos, Oh Altíssimo!
8. Medley
9. O Senhor é quem me guarda
10. Olha pra mim
11. É impossível, mas Deus pode
12. Minha herança
13. Deus do impossível
14. Eu vou viver uma virada (bônus)
Gravado ao vivo no dia 08 de outubro de 2007 no City Bank Hall-RJ, o dvd É impossível mas Deus pode foi lançado no início de 2008 no formato álbum duplo. No repertório temos os hinos do cd homônimo ao lado de outros encontrados no álbum anterior do grupo, além de duas inéditas.

A gravação resultou numa superprodução de som, luz e imagens que certamente irão causar grande impacto no mercado gospel nacional. O DVD duplo conta com altíssima definição de imagens e som, sendo que o Disco 1 traz apenas com o musical num registro de extrema qualidade. O Disco 2 reserva espaço para uma mensagem poderosa ministrada pelo Pr. Marcus Gregório e, ainda, Bastidores, Clipes e Extras com as participações musicais do Ministério Sopro de Deus e o cantor Mauricio Paes.

A embalagem do DVD também é um destaque à parte. Numa belíssima caixa com arte elaborada pelo designer Rafael Feijó o produto ganha um acabamento especial destacando-o ainda mais.

O primeiro menu do disco dois nos dá acesso a uma mensagem de mais de 1 hora do Pastor Marcus Gregório com o tema “Vencendo você mesmo para viver o milagre”. No final temos um momento de adoração contemplativa.

A seguir conhecemos dois ministérios braços do TA. Primeiro temos um louvor em ritmo de pop rock entoado por Maurício Paes e depois temos uma balada pop ministrada pelo Ministério Sopro de Deus.

Avançando no controle assistimos dois clipes simples, mas muito bem editados, bem diferentes do que geralmente vemos no mercado gospel nacional. Olha pra mim e Lembra Senhor possuem uma iluminação bacana, ângulos interessantes e uma edição profissional.

Nos Extras temos entrevistas, uma palavra institucional e dois clipes, um com o making off e outro com bastidores (não seriam a mesmo coisa?).

Em Institucional temos um “comercial” que mostra o dia a dia do Ministério Apascentar em Nova Iguaçu, com depoimentos dos membros e dos responsáveis pelos diversos ministérios (jovens, infantil, família, música, etc...) da Igreja.

A parte mais interessante são as entrevistas onde a nova formação disserta sobre curiosidades em relação a visão do pastor Marcus Gregório, sobre sua trajetória musical desde o primeiro álbum, sobre as expectativas em relação ao dvd e sobre seus planos para o que ainda esta por vir.

Assim como o cd homônimo, o registro áudio visual começa com o instrumental Vencedor que coloca a galera pra dançar na presença do Senhor com seu tempero dançante e pitadas de black music.

Não importa o dia possui um arranjo muito bem elaborado recheado de convenções. O naipe de metais marca presença com ataques precisos e participação intensa dos vocais. No meio do hino temos um solo jazzístico do pianista Leandro Silva e um solo overdrive do guitarrista Davidson. O clima jam session segue durante a ministração.

Dando seqüência a este momento dançante temos a festiva O chão vai tremer que fez parte do repertório do álbum “Olha pra mim”. A canção exalta a volta de Cristo, que veio como cordeiro e vai voltar como leão, advento que é a esperança de vida eterna dos cristãos. A dinâmica do arranjo é empolgante tanto na parte instrumental, quanto na parte vocal.

Eu vou viver uma virada termina este momento de celebração com a pegada festiva do pop rock. O hino, que sempre é destaque nas apresentações ao vivo do ministério, é conduzido por power chords, uma bateria bate-estaca e uma base de órgão ao lado de frases de piano muito bem aplicadas. Realmente contagiante, principalmente no refrão onde a galera acompanha a banda com coreografias.

Se cumprirá é a primeira das duas inéditas da gravação. O hino mantém a sonoridade e estilo que já é marca registrada do Ministério.

“Vejo tuas mãos guiando meus passos e me conduzindo ao centro da tua vontade”.

Selo do Teu amor traz um dueto interpretado por Daniel Carvalho (Scooby) e Silvânia Costa. Canção excelente, diferente de tudo que o Toque no Altar tinha gravado até agora. Scooby que fez parte do Raiz Coral e do Link 4uatro é hoje um dos integrantes dessa nova fase do Ministério. O cantor também possui um disco solo lançado em 2006 que explora o estilo black.

Te adoramos Oh Altíssimo é um dos hinos que eu mais gosto. É uma canção de louvor e adoração a Deus cativante e envolvente. Destaque pra participação do coral, para o naipe de cordas e para as nuances de dinâmica do turn around final.

A seguir temos um medley com diversos louvores do álbum anterior, que ainda contava com a formação original da banda. Partindo da belíssima Senhor e Rei passamos por Me arrebataste e Tua graça me basta.

O repertório prossegue por O Senhor é quem me guarda, que é a segunda entre das inéditas do disco e Olha pra mim, que é a última das regravações.

A primeira é uma declaração de confiança ao Pai em ritmo de balada, que conta com uma levada cadenciada muito bacana. A segunda dispensa comentários.

“Vou crer contra a esperança e não deixa-lo ir sem meu milagre alcançar. É impossível, mas Deus pode mudar o quadro da minha história. Mais do que peço sei que podes fazer”. A faixa título, inspirada em uma mensagem do pastor Marcus Gregório, é um lamento, um verdadeiro clamor pela provisão e proteção divina. Traz uma excelente interpretação e um refrão de fácil assimilação.

A linha melódica é muito boa. O piano marca presença com uma introdução bacana e segue acompanhando a voz durante a primeira estrofe. O hino que também foi sucesso nas rádios evangélicas é um prato-cheio-pro-dirigente-de-louvor-interagir-com-a-igreja. No final temos mais um turn around com presença marcante do back vocal, do coral e do naipe de cordas.

“Não olhar o que passou e saber que o melhor ainda esta por vir”. Minha herança que foi previamente apresentada e divulgada nas rádios pelo país já é considerada mais um hit deste ministério. O hino cativa desde a introdução. A melodia belíssima versa sobre confiança na provisão de Deus. As frases de corda (a vera) preenchem os espaços do arranjo criando uma atmosfera de adoração envolvente. O turn around final traz uma participação da galera do back vocal com uma pegada forte e empolgante.

O louvor Deus do impossível começa seguindo o formato que era explorado pela banda nos álbuns anteriores, mas aos poucos a sonoridade vai mudando para uma pegada mais moderna. O dueto desta vez fica por conta de Rafael Bitencourt e Aline Santana. Muito boa mesmo.

Após uma rápida palavra do Pastor Marcus Gregório todo o Ministério se reúne no palco para o bis que é realizado ao som de Eu vou viver uma virada.

Maiores informações podem ser encontradas no site: www.toquenoaltarmusic.com.br


Compre o DVD É Impossível, Mas Deus Pode na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.