Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Guerreiros da Última Geração
(Filhos do Homem)

Roberto Azevedo em 08/08/2005
Para o Super Gospel
“Uma vez por ano o Ministério Filhos do Homem e a Rede Jovem da Comunidade Cristã Vida Para Todos os Povos, organizam em Pato Branco, um acampamento nos dias do carnaval, com o objetivo de despertar a juventude do Brasil para adoração, santidade e intimidade com Deus e para multiplicação.”

Nestes tempos de tantas profecias, e algumas profetadas, gostei muito da posição do pastor Cris, no momento em que lhe perguntaram, se ele havia recebido alguma promessa de Deus e que estaríamos vivendo a última geração em relação a iminente volta do Senhor Jesus Cristo.

“— Não recebi nenhuma revelação, mas vivemos como se fossemos a última geração, e se não formos, deixaremos muito pouco trabalho para a próxima” (parafraseado de uma entrevista do DVD).

O CD é ótimo. Funciona como uma coletânea. Mescla músicas dos CDs anteriores com músicas novas. As músicas antigas estão todas de cara nova. O encarte traz fotos da gravação e as letras estão cifradas, pra não só cantarmos, mas também tocarmos juntos.

Logo de cara temos a faixa título: Guerreiros da última geração. O nome original, no CD Casa Favorita, era “Últimos guerreiros”. É a primeira das regravações que estão de cara nova. Muito mais pesada do que a versão original. Bateria bate estaca e Guitarra overdrive. O back vocal “sussurrado” é diferente e original.

Reina traz a primeira participação de Samuca nos vocais e conta com o Pr Cris no contrabaixo (haja overdubs...). As guitarras são um caso a parte, tanto nos riffs, tanto nos licks. Simples, porém competentes. A música versa sobre entrega. “Tudo que eu tenho ofereço a Ti. Toma minha vida e reina sobre mim. Eu vou te servir, vou te obedecer, reina sobre mim”.

Com o Pr Cris de volta ao vocal e violão temos Profetiza. É cantada em 1ª pessoa (como se fosse Deus falando). Eu particularmente não gosto muito desse tipo de letra cantada como se fosse Deus falando, mas é uma questão de gosto pessoal e tenho que admitir que a melodia é muito bonita. O solo de guitarra também.

A seguir temos mais uma regravação de cara nova. Livres, do CD Mãos limpas, coração puro, aparece numa versão reggae. Rauli Junior, sax e flauta do FdH e vocalista do Odres Novos, assume os vocais e manda ver. Muito bom. Muito bom mesmo. No encarte tem uma referência; “quem sabe não pinta, aí pra frente, um reggae CD solo do Rauli?”. Tomara. A banda emenda com uma novidade, uma ministração reggae. Pena que a ministração não foi incluída no DVD.

Interpretado pelo casal Marcus (violão) e Taty (vocal) Perfeito adorador é uma linda oração a Deus, declarando que Ele é tudo que precisamos para viver. “Que minha vida e minha glória sejam jogadas ao chão e que do pó possa brotar um perfeito adorador.” Precisa dizer mais alguma coisa? Além de tudo ainda temos um belo solo de sax do Rauli, bem melódico, estilo Kenny G.

Edinho, ex-Nativus e vocalista do Odres Novos ao lado de Rauli, sai dos vocais para ofertar a Deus Te amo muito mais. É uma oração glorificando a Deus por Sua santidade acima de todas as coisas.

Neste ponto me surge uma pergunta: Glorificamos mesmo a Deus acima de todas as coisas quando chegamos atrasados nos cultos? Quando ficamos batendo papo durante o louvor? Quando não vamos as reuniões de oração, mas na festa do sorvete não perdemos uma...?! Quando damos as costas ao pregador e vamos embora, pois ficamos “cansados”...Faríamos isso com nosso chefe de trabalho? Chegaríamos atrasados em uma partida de futebol? Falaríamos durante um concerto de música?

No final do louvor clamamos junto com a ministração do Pr Cris, “Como Tú És Santo”. “Eu te amo muito mais, muito mais do que eu posso expressar”. Que o Espírito Santo de Deus nos capacite para verdadeiramente vivermos de acordo com o que cantamos.

Com uma empolgante introdução de teclado e guitarra, meio rock, meio clássico, Quatro seres mantém a veia rock do CD, presente inclusive nas músicas mais lentas. A música é realmente muito boa, empolgante em todos os sentidos, mas a letra.....

A primeira vez que ouvi falar sobre unção dos quatro seres foi em uma ministração do Mike Shea e Davi Silva (Casa de Davi). Particularmente tenho minhas reservas sobre esse assunto. Concordo que os quatro seres viventes são registrados na bíblia (os quatro seres foram vistos por João na visão do apocalipse e foram também registrados pelo profeta Ezequiel no livro que leva o seu nome), porém nada vemos relatado sobre uma unção específica que eles tenham e que deve ser derramado sobre nós. Até onde eu sei, unção é autorização e capacitação divina que recebemos de Deus quando nos posicionamos disponíveis para sermos usados por Ele, para os propósitos dEle. Mas não cabe aqui comentários mais profundos sobre este assunto, até porque essa não é a intenção deste espaço.

Entrando direto na faixa 9 temos o flautim do Rauli criando uma atmosfera de adoração para a ministração do pastor Cris sobre o tema anterior. Solos de guitarra, bateria e percussão criam o clima para Chore o homem, um instrumental interpretado pelo teclado sobre a harmonia de quatro seres. É só fechar os olhos e aproveitar o momento para orar a Deus e deixar Seu Espírito operar, falando de forma intima, direta e pessoal conosco para que não tenhamos dúvidas sobre sua vontade para nosso dia-a-dia e para o que Ele quer operar através de nós. Apesar de nós.

No final temos uma seqüência dance. Os “fãs” do estilo adoração-rock que é marca registrada do FdH podem torcer um pouco o nariz para essa seqüência final, mas a verdade é que o estilo de música que curtimos tem mais a ver com nosso gosto pessoal do que com o que Deus recebe como verdadeira adoração.

Samuel Barbosa, cantor que já foi finalista no Raul Gil, engrenou no ministério no acampamento “Mãos limpas”, que gerou o CD com o mesmo nome. Como é bom é faixa do seu cd solo – Nos altos lugares - vem de roupa nova, mais arranjado e mais pesado do que a versão original. O back vocal “sussurrado” do início do CD aparece de novo, tão diferente, quanto original.

Faço o melhor e Dance pra sempre são regravações do primeiro CD do grupo – Somos teus filhos – Faço o melhor é uma daquelas músicas “prato-cheio-pro-dirigente-de-louvor-interagir-com-a-igreja.” Os vocais do Samuca simulando um wah-wah são bem legais. Dance pra sempre é mais funkeada, com introdução de sax com bastante swing. No finalzinho da banda volta para Faço o melhor, primeiro um pouco mais lento e depois no andamento original. Pra quem gosta de louvar a Deus com danças é um prato cheio. (No DVD o pastor Cris dança a coreografia junto com o ministério de dança que acompanha a gravação – que fôlego heim pastor?)

Pra fechar temos uma vinheta espontânea, que não acrescenta nada ao CD, musicalmente falando.

GUG foi um dos CDs que mais gostei entre os que foram lançados em 2004. Aguardamos agora o GUG 2 enquanto assistimos ao DVD.

Texto revisado por Leone Lacerda.


Compre o CD Guerreiros da Última Geração na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.