Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Lentilhas
(Sérgio Lopes)

Georgeton Leal em 22/07/2005
Para o Super Gospel
Lentilhas

Compre este CD agora

Faixas:
1. Tudo vai passar
2. Lentilhas
3. Recomeçar
4. Tudo que há em mim
5. Enquanto houver amor
6. Continuar sonhando
7. A profecia
8. Não vou te perder
9. Restaurador de corações
10. Amarildo
Após se recuperar de um grave acidente automobilístico ocorrido em setembro de 2004, Sérgio Lopes retorna ao estilo que o consagrou como “O Poeta de Cristo”, em seu mais novo cd com um título que se distingue dos outros já lançados pelo cantor, pois desta vez, o tema não é identificado logo de primeira vista. “Lentilhas” traz à nossa reflexão a passagem de Gênesis 25:29-34 onde Esaú, vencido pela fome, troca o direito de sua primogenitura por um prato de lentilhas oferecido por seu irmão Jacó. Sérgio traz esta mensagem para o âmbito espiritual, fazendo uma analogia desta história com nossas vidas diante dos prazeres mundanos.

Como já era de se esperar, a bela e elaborada capa expressa a cena já descrita de Esaú e Jacó. Apesar de este ser o álbum de Lopes que menos utilizou-se de fotos no encarte, teve um projeto fonográfico muito bom, num estilo que mistura o clássico com o moderno. A produção musical evoluiu sobremaneira, com arranjos muito bem sofisticados, que distinguem para cada faixa, um toque individual e pessoal. O produtor Vagner Santos acrescentou diversos instrumentos que abrilhantaram as canções de acordo com seus ritmos, isso sem falar no back-vocal sob a liderança de Eber Araújo, que impões um andamento bem lírico nas interpretações.

O cd inicia de forma bem calma ao som de “Tua Dor vai passar”, com uma introdução de sax que lembra muito “A Cruz”, antigo sucesso do poeta. A estrofe é lenta, mas o coro é forte e ousado na voz. A letra, de teor bem profundo, é bem objetiva em nos trazer uma mensagem de ânimo da parte de Deus.

Lentilhas”, a anfitriã do cd, é um bolero que segue a mesma linha da música “Noites” do álbum “Noites e Momentos”. Esta faixa nos traz a conhecida técnica de Sérgio Lopes em compor uma canção que modula de um tom menor e melancólico para uma tonalidade mais viva no refrão. Destaque para a harmonia dos violinos acompanhados da flauta transversal.

A terceira música, “Recomeçar”, é a única que não é de autoria de Sérgio, sendo atribuída ao pastor Marcos Santarém. A mensagem também nos remete ao tema central do cd na frase “...o vaso foi quebrado quando me troquei por um momento cheio de prazer, um prato cheio de pecado...” Uma canção de arrependimento sincero perante Deus. Uma das mais lindas e tocantes.

Em “Tudo que há em Mim” temos uma agradável surpresa: a participação de Robson Nascimento em um dueto com Sérgio Lopes em alta performance. Uma canção emocionante que nos revela que todas as dádivas que possuímos vem de Deus, e não são atributos nossos, mas dEle.

Para matar a saudade dos fãs antigos, que acompanharam as composições do poeta na interpretação de outros cantores, conferimos a regravação de três músicas neste álbum. A primeira é a 5ª faixa, “Enquanto houver Amor” que se trata de “Presente de Deus”, antiga canção cedida por Sérgio Lopes para Cristina Mel. Com uma nova roupagem, ficou mais bela ainda.

Seguindo o mesmo caráter das músicas do álbum “A Fé”, temos “Continuar Sonhando”, uma canção de pose mais remota, parecida com os antigos hinos da década de 70. É a faixa que possui mais arranjos no naipe de metais.

No maior estilo “Paixão de Cristo”, temos na sétima faixa “A Profecia”, anteriormente conhecida na voz da saudosa Denise Cerqueira como “Não Haverá Calvário outra Vez”. A introdução é de fazer qualquer um chorar ao ouvir uma encenação sonora do som dos cravos perfurando as mãos de Jesus enquanto Sérgio Lopes narra a profecia de Isaías 53.

Não vou te Perder” é uma adoração poética. Na estrofe, há um pedido de perdão a Deus, e no coro, a letra trata de revelar esse perdão através do favor imerecido de Deus por nós. É a faixa em que o back mais se destaca.

Chegando na música de trabalho, temos a terceira regravação com a premiada “Restaurador de Corações”, antiga “Em Minhas Mãos”, também gravada por Cristina Mel. A letra foi totalmente reformulada e adaptada, conservando a nitidez da melodia.

Terminando o cd de um modo bem comum do cantor, temos “Amarildo”, uma canção de alerta que fala da vida de um traficante de drogas que rejeitou Jesus durante toda a sua vida, mas que aceitou a Cristo no último momento antes de sua morte. Uma canção comovente executada somente com teclado, violinos e flauta.

A evolução de Sérgio Lopes é aparente neste lançamento em que ele equilibrou as canções de uma forma bem justa e criativa. Em geral, o cd está ótimo, e irá agradar tanto aqueles que acompanharam os trabalhos antigos do cantor quanto os novos admiradores. A poesia e a unção continuam sendo a marca registrada de Sérgio Lopes no decorrer de mais este inteligente e respeitado lançamento.

Texto revisado por Leone Lacerda.


Compre o CD Lentilhas na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.