Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Confira o nosso bate bapo com o pastor Marcus Salles

Publicada em 24/02/2011
Redação Super Gospel
Marcus Salles começou na música muito cedo. Aos sete anos já tocava violão e começou a tocar na igreja aos doze anos de idade. Também aprendeu guitarra, contra-baixo e sempre cantava quando tinha oportunidade.

Auto didata sempre teve facilidade com musica. Aos dezoito começou a tocar contra baixo com o cantor Mattos Nascimento viajando por todo o Brasil. Também tocou e gravou baixo e vocal com Marquinhos Gomes, Fernanda Brum, Cassiane, Eyshila, Rayssa e Ravel, Bruna Karla, Josiane, PG, Marcelo Nascimento, Rose Nascimento, Regis Danesi e muitos outros artistas gospel e tocou três anos com Aline Barros.

Já atuou como produtor e arranjador de vários artistas gospel como 4 por 1, Nadia Santolli, Claudinho Maciel, The Lions, Projeto Vida Nova de Campo Grande, Quezia Salles, Tony Rodrigues e outros. Como Compositor já teve musicas gravadas pelos maiores artistas da musica gospel.

Se formou em Teologia no seminário Vida Nova e em 2005 foi ordenado pastor do Projeto Vida Nova de Campo Grande. Como vocalista da banda 4 por 1 ficou oito anos e gravou cinco CDs ganhando dois discos de ouro e um de platina viajando por todo o Brasil e no exterior.

Casado com Munique e pai de Rebeca tem nessa nova fase uma forte ênfase no ministério pastoral e na música com o seu primeiro cd solo pela Sony Music.

Super Gospel: Pastor Marcus, você passou 8 anos ministrando com o 4 por 1. De que forma essa experiência contribuiu para seu amadurecimento musical e espiritual?

Foram 8 anos maravilhosos como vocalista e tocando baixo. Eu vivi experiências maravilhosas. Eu também pregava a Palavra nos eventos e isso me trouxe um amadurecimento muito grande.

Super Gospel: Seu primeiro disco solo esta sendo elogiadíssimo. Você esperava essa repercussão? Poderia nos falar um pouco mais sobre a gravação de "Meu lugar"?

Eu esperava que as pessoas gostassem, mas não desse jeito. A classe musical tem elogiado muito o som, os arranjos, a mixagem e isso me deixa muito feliz. Foi muito bom gravar esse cd. Quem produziu foi o Jamba, um excelente produtor com vasta experiência internacional (morou 21 anos em NY)

Super Gospel: O repertório possui uma diversidade de ritmos e uma sonoridade bem moderna. O que você levou em conta na hora da escolha do repertório?

Eu e o Jamba escolhemos o repertório em cima do som que queríamos fazer. Eu queria algumas coisas diferente do som que eu fazia com o 4/1. Eu queria incluir alguns elementos de black music e misturar com o meu som pop rock. Eu também não queria gravar só músicas de minha autoria. O repertório tem músicas minha e do Jamba, Davi Fernandes, minha e da Aline Barros e Amauri.

Super Gospel: A entrada da Sony Music no mercado gospel nacional foi uma das grandes novidades do mercado no ano passado. Como tem sido seu relacionamento com a empresa?

Muito boa. A forma profissional com que tenho sido tratado tem feito a diferença. Acho que a Sony vai fazer a diferença.

Super Gospel: Como é sua relação com o Projeto Vida Nova de Campo Grande? Você tem tempo para contribuir com o ministério de louvor local?

Eu tenho pastoreado como auxiliar do meu pai, mas eu dedico os domingos e quartas pra igreja. Eu não saio pra ministrar aos domingos, salvo as exceções. Eu já liderei o Ministério de Música, mas hoje eu pastoreio a igreja como um todo.

Super Gospel: Um cd é lançado hoje e quase que de forma simultânea, o mesmo já esta disponível na internet para download. Isso sem falarmos nos cds piratas vendidos sem a menor cerimônia nas ruas e esquinas da cidade. Qual a sua opinião em relação a esse "mercado cinza" ? O senhor acha que as gravadoras estariam realizando investimentos mais ousados se não houvesse essa atividade paralela?

Acho isso um absurdo. Na mesma semana que meu cd foi lancado ele ja estava disponivel na internet. Isso tem prejudicado o mercado fonografico em geral. Acho que as gravadoras precisam entrar mais forte no mercado digital e fazer uso da lei pra tirar esses pilantras do ar. E que os evangélicos não comprem cds piratas.

Super Gospel: A Sony irá relançar o álbum "Revelation" (penúltimo cd da banda Third Day) em abril com uma novidade interessante, que é a inclusão das faixas Super Gospel: Cry out to Jesus, sucesso antigo da banda e Super Gospel: Children of God do novo álbum, Super Gospel: Move com a sua participação. Essa idéia foi fruto do encontro que vocês tiveram na Praia da Costa? Poderia adiantar alguns outros detalhes deste projeto?

Com certeza esse é um projeto muito ousado da Sony e eu fico muito feliz em fazer parte dele. Essa ideia não surgiu no Jesus Vida Verão na Praia da Costa, mas amadureceu depois do nosso contato que foi muito bom. Espero que isso aconteça com outros artistas internacionais e nacionais.

Super Gospel: Quais bandas, cantores e ministérios você costuma ouvir? Quais te influenciaram e te influenciam até hoje?

Eu tenho ouvido Third Day, Leeland, Israel Houghton, Jimmy Needham, Anthony Evans, Mat Keaney, Palavrantiga.

Fui muito influenciado por Rebanhão, Sinal de Alerta, Banda Azul, Vencedores por Cristo, Asaph Borba, Adhemar de Campos, Carlinhos Felix, Sergio Pimenta e outros...

Super Gospel: Se você tivesse que escolher dois conselhos para dar aos ministros de louvor - um na área musical e outra na área espiritual - que conselhos você daria?

Na área musical é estudar, ouvir música de qualidade e ler.

Na área espiritual é buscar a Deus servir sua igreja local.

Super Gospel: A cada dia vemos crescer o uso de meios eletrônicos, como o Twitter, o MySpace, Orkut, Youtube, entre outros, para divulgação do trabalho. O que você acha dessas novas opções de mídia?

Acho muito legal e uso todas essas ferramentas. Acho que essas coisas servem para aproximar as pessoas. A internet é hoje indispensável para divugação de um trabalho como o meu, inclusive meu site já esta no ar e esta maravilhoso www.marcussalles.com.br.

(NE. O site é 10. Destaque para o efeito que faz a bússola girar no momento em que algum menu é selecionado. A identidade visual do layout é fruto da criatividade da Agência Excellence dirigida pelo músico e designer David Cerqueira.)

Super Gospel: Para encerrar, quais são os seus projetos e o que você espera no ano de 2011 para o seu ministério?

Eu quero divulgar bem esse cd, ministrar por todo o Brasil e alguns países. Estou focado na minha igreja local com muitos projetos pra esse ano. 2011 é o ano das portas abertas!

O Supergospel agradece ao pastor Marcus Salles pela disponibilidade para responder as perguntas.

Entrevista feita pelo colaborador Roberto Azevedo
(@azevedoroberto)

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.