Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Helena Tannure

Publicada em 22/10/2004
Redação Super Gospel
Como e quando você aceitou a Jesus Cristo? Quando foi o seu primeiro contato com a música evangélica?

Eu fui para a igreja aos onze anos de idade e aos quatorze tive a minha experiência pessoal com o Senhor. Logo em seguida à minha conversão, entrei para o coral da igreja que freqüentava, o Coral Peniel.

Como você foi convidada para fazer parte do Ministério Diante do Trono? Quando você ingressou no grupo, tinha noção da proporção que o ministério iria tomar?

Fomos convidados, eu e meu marido, para gravarmos o primeiro CD, mas só foi possível a nossa participação a partir do lançamento do mesmo CD, em Julho de 1998. Nenhum de nós tinha a noção da proporção que o ministério iria tomar. Deus sempre nos surpreendeu.

Você apresenta um bloco chamado “Você Diante do Trono”, no programa Diante do Trono – Rede Super –, onde lê e comenta as cartas que as pessoas mandam para o grupo. Como surgiu o programa e esse bloco? Alguma carta em especial lhe marcou?

O programa surgiu do desejo de nos comunicarmos com as pessoas que conhecem o ministério – ou não –, levando a elas uma palavra de fé e de edificação. O quadro “Você Diante do Trono” abriu espaço para que as pessoas que nos acompanham tivessem também a oportunidade de testemunhar o que Deus tem feito em suas vidas através do DT. Houve três cartas que marcaram profundamente minha memória e meu coração, e me ensinam até hoje.

No CD Quero Me Apaixonar, você fez um solo com a música “Lugares Altos”. O que representou ministrar essa canção?

Sempre que gravamos um novo CD o Senhor nos leva a viver aquilo que cantamos. Nem sempre é uma experiência fácil ou agradável, mas certamente produz em nós marcas que nos acompanharão pela eternidade; marcas que nos ensinam e nos encorajam a permanecer. Cantar lugares altos foi e é um exercício da minha confiança no meu amado e doce Jesus.

No Diante do Trono, nos ensaios para a gravação de CDs, como são distribuídas as músicas entre os vocalistas? Como vocês sabem qual música é mais adequada para determinado vocalista?

A Ana Paula escolhe as pessoas que irão fazer solos, duetos ou trios. Então, ela e o Max, que é o arranjador vocal, experimentam o que foi proposto, mas nem sempre acontece da maneira que a Ana esperava; a música tem que “encaixar” com o solista. Mas como eu sei que tudo na vida dos filhos de Deus é planejado por Ele, faz o solo quem Deus determina. Não tem nada a ver com um cantar melhor que o outro; na minha visão, tem a ver com os propósitos do Senhor.

Sabemos que todas as gravações do DT são especiais, mas existe alguma que mais lhe marcou? Qual?

Sim: a que eu não fui – por ocasião do nascimento da minha princesa Sofia. A gravação do CD Nos Braços do Pai marcou a minha vida e a do João Lúcio, meu esposo, como nenhuma outra.

Sobre a última gravação, Esperança; o que você espera desse CD?

Que ele produza flores e frutos típicos da primavera naqueles corações que passaram por um rigoroso e gelado inverno. Que cada acorde e cada letra sejam instrumentos do Espírito Santo para ressuscitar sonhos e soprar vida onde só havia morte.

Você fez a voz da Bia para o CD Crianças Diante do Trono. O que significa para você ministrar para crianças?

Um desafio que deveria ser encarado por todos os ministérios que ministram através da música. Queremos ser instrumentos de cura para aqueles que já foram feridos, mas precisamos impedir que o diabo continue marcando as pessoas, o que muitas vezes acontece na infância. O melhor remédio é a prevenção. Já pensou se todos os ministérios de adoração dedicassem uma fatia dos seus dons às crianças que estão sendo massacradas pelo inimigo? Ministrar para as crianças é um privilégio, mas muitos não querem encarar o desafio porque não dá ibope no mercado gospel. Não existem muitos prêmios ou reconhecimento para quem desenvolve um trabalho voltado para as crianças. O que fazemos ainda é muito pouco, mas eu creio que Deus levantará um exército de adoradores que não se distrai com a glória que os homens oferecem, e sim, busca conquistar o que é mais precioso para o senhor: vidas.

Deus age através dos vocalistas não somente por suas vozes, mas pelos movimentos do corpo, frases de ministrações e até mesmo pela maneira de ministrar uma música. Você acha nocivo algum ministro assistir um VHS ou DVD do Diante do Trono e copiar o modo de ministrar, os passos ou até mesmo a forma de adoração de vocês? Você já viu isso acontecer? O que você pensa disto?

Não vejo nada de errado em copiar. Às vezes é até involuntário. Mas eu creio que, em sua criatividade infinita, Deus tem muito mais para cada um de seus filhos. É só dar uma espiadinha nas nações, povos, línguas e raças. O Senhor diversificou bastante não é? (risos) Eu creio que à medida que cada adorador conhece a intimidade do Pai, ele vai adquirindo também uma maneira particular de adorá-lo.

Em algum momento você pensou em desistir do ministério para se dedicar somente a sua família?

Sim, algumas vezes. Mas eu tenho recebido a graça e as estratégias vindas do Pai para permanecer no Ministério Diante do trono até o dia que Ele determinar.

Assim como o André Valadão e Nívea Soares, você pretende gravar um CD solo?

Gravar um CD era um sonho meu muito tempo atrás. O meu sonho hoje é estar no centro da vontade de Deus. Se for a vontade dEle que eu grave, Ele mesmo vai providenciar isso. Se não, Ele vai continuar me tomando pela mão e me fazendo passar pelas portas que Ele mesmo vai abrir.

Sabemos que entre o lançamento do Quero Me Apaixonar e do Esperança a Ana Paula sofreu o que ela chama de “inverno”, onde pensou até mesmo em desistir. Este “inverno” afetou apenas ela ou foi algo com o grupo todo? Como aconteceu com você e como você superou isso?

Certamente, como líder, as pressões enfrentadas pela Ana são superiores às nossas, mas eu não estou no Diante do Trono apenas para compor o backing vocal. Somos uma equipe e a maioria de nós busca a unidade com a liderança. Portanto, quando o ministério passa por lutas, pressões e momentos de decisão, eu também passo. Sou totalmente ligada ao grupo; não sei me entregar pela metade. Eu me envolvo, seja orando e chorando diante de Deus por mim e meus companheiros, seja encorajando e apoiando a minha liderança. Atravessamos o inverno junto com a Ana e certamente sentiremos juntos o perfume das primeiras flores que estão chegando com a primavera.

Como você escolhe seu momento diário de intimidade com o Senhor?

Infelizmente eu não tenho um horário fixo como gostaria. Então, meu momento com o Senhor depende muito das necessidades dos meus filhos. Por exemplo: meu período era sempre pela manhã, logo ao acordar. Mas comecei a ser interrompida por pequeninos e insistentes pedidos: “Mãããããe, dá ‘dedêra pu favor’!”; “Mãããããeeee, tem tarefa para casa hoje!” (risos) Então, resolvi que depois que todos vão para a cama é uma boa hora para me colocar aos pés do Senhor. Muitas vezes acabo adormecendo, mas têm sido momentos que literalmente durmo “no colo do Papai”. Se eu tenho, porém, uma chance em qualquer hora do Dia, “Eu vou, vou correndo ao seu encontro, Senhor!” (citando a letra da canção de Ludmila Ferber)

Quais ministérios ou bandas você mais gosta de ouvir?

Pr. Cirilo, David Quinlan, Filhos do Homem, Ludmila Ferber, Rita Springer e Jason Upton.

Deixe uma mensagem para os ministros que cantam as músicas do DT em suas igrejas.

Procurem viver o que vocês têm cantado. Nossa vida fala mais alto que a nossa voz.

Helena, obrigado pela entrevista e deixe um recado para os internautas do Supergospel.

Eu é que agradeço o carinho de todos e desejo que a vida de cada um de vocês seja um referencial de amor e santidade. Busquem se parecer mais com Jesus a cada dia, e Ele certamente vai fazer com que vocês vençam passo a passo.

Obrigado a Helena Tannure por conceder a entrevista, e a Renata Augusta Barboza e Maximiliano de Moraes pela colaboração na criação das perguntas. Obrigado também a todos os usuários do site que ajudaram enviando sugestões de perguntas.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.