Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Leandro Aguiari

Publicada em 09/05/2006
Redação Super Gospel
Como você iniciou na música e como se tornou produtor musical?

Comecei a tocar violão aos nove anos de idade, cresci ouvindo diversos tipos de banda. Aos 18, decidi que era isso que eu gostaria de fazer, comecei a mergulhar no universo de timbres, arranjos, composição, aconteceu naturalmente e quando dei por mim já não mais volta...rsrsrs, eu era um produtor musical.

Como conheceu a Cristo?

Depois de um certo tempo montei meu estúdio e me mudei do bairro da Casa Verde para Perdizes, na mesma semana a igreja Bola de Neve se mudou, eu nem sabia o que era, fui acompanhando uma galera que estava indo para IGREJA, entrei como quem não quer nada e ali que tudo começou.

Como e quando conheceu o PG?

O PG foi fazer a pré-produção do disco adoração no meu estúdio, lá nos conhecemos e nos tornamos amigos.

Nos conte um pouco sobre a produção do disco “de um lado a outro”

Tivemos um bom tempo para pré-produzir o disco, isso ajudou bastante, outro fator importante foi a liberdade que tivemos para trabalhar idéias e conceitos sobre o Cd. O PG e o Johnny apresentavam as músicas e a partir dali começávamos a apresentar idéias e a música ia melhorando cada vez mais, algumas idéias o PG aprovava e outras eu assumia o risco, dizendo “espere o resultado final, você vai ver como ficará bom”, tive total liberdade para pegar algo que eles achavam bom e dizer, “Esquece vamos mudar essa música inteira”, o PG e o Johnny são muito criativos, e muita coisa legal surgiu na pré-produção. Decidir quais deveriam ficar e quais não eram tão boas assim foi um processo que nos rendeu bom tempo de discussão, pois desde o início sempre tive na cabeça o tipo de som que gostaria de ouvir nesse Cd, então se era para fazer um música pesada ela deveria ser muito pesada, se era para ser balada então deveria funcionar como. Música é trilha sonora daquilo que se escreve e canta, outra coisa muito legal é a troca de talentos que existe no processo de produção, o talento de todos os músicos somados ao talento do PG me ajudaram muito a fazer um bom disco de rock, essa soma de talentos feita de uma forma humilde, pois ninguém precisa ser melhor que ninguém, cada um tem sua função e fazê-la da melhor forma para agradar a Deus é o grande segredo, a maioria dos músicos tem o seu ego muito inflamado e um espírito de disputa terrível isso atrapalha qualquer trabalho que seja para o nosso Senhor, porque é na simplicidade que encontramos o nosso milagre.

Nos conte um pouco como foi trabalhar com o Pregador Luo e o André Valadão neste Cd.

Foram bons e rápidos momentos, eles são muito competentes e entenderam bem o que eu queria para cada música, bastaram alguns toques e em poucos minutos já tínhamos todos os takes necessários para as edições finais.

Quais hoje você considera, tecnicamente falando, os trabalhos mais bem produzidos no meio gospel nacional?

Apocalipse 16, Templo Soul, André Valadão, David Quinlan, entre outros, muitos ministérios estão evoluindo em produzir seus próprios trabalhos e priorizando a qualidade. Isso tem ajudado bastante o cenário gospel a crescer no propósito de excelência para o Senhor

Quais trabalhos você tem produzido, depois do PG?

Estamos começando a pré-produção de um Cd que sairá pelo Ministério Castelo Forte do Pr Amílcar. Será um evento ao vivo e contará com grandes participações.

Descreva-nos um pouco sobre o processo de produção musical.

É um processo muito natural, as coisas têm que acontecer primeiro na sua cabeça, pois nos dias de hoje todo mundo acha que é produtor, é fácil dar palpite e opiniões como por exemplo: nessa música cabe violino, nessa cabe coral, mas e aí? Porque o violino, qual a função dele no arranjo? Será que vale e pena mesmo? A produção musical deve funcionar como um grande link entre a música e os músicos, para que no final todos estejam em concordância.

Qual a parte mais complicada de ser um produtor musical?

Ser psicólogo dos músicos dizendo: “fique tranqüilo, o timbre está bom, o solo também”, “a sua voz ficou ótima”, pois muitas vezes o senso crítico do músico excede os limites, ele perde a referência, aí entramos em um loop que desgasta demais todo o processo de trabalho.

Para finalizar deixe um recado para quem deseja produzir seu próprio trabalho.

Conheça todas as bandas possíveis, goste muito de alguma delas, tenha boas referências, conheça sobre equipamento, timbres, grave, regrave e compare, e jogue seus talentos nas mãos do Senhor. O resultado vai te surpreender.

Como o pessoal pode entrar em contato?

Pelo email hallstudio@msn.com e pelo fone (11) 9628-5590. Visite também o site www.leandroaguiari.com.br.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.