Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Uma palavra sobre gravação vocal - atitude e interpretação

Publicada em 24/10/2012
Redação Super Gospel
por Jordan Macedo*

”A minha voz não está boa hoje”; “Estou rouco”; “Acho que estou gripando”; “Dá para gravar depois das 17h?”; “Minha voz só fica boa à noite”. Estas são algumas das milhares de frases que já ouvi bem na hora da gravação vocal. Quando ouço estas expressões, meu senso de produção ativa automaticamente o lado psicólogo para tranquilizar o artista inseguro.

Esse tipo de comportamento é normal, uma vez que a pressão psicológica de todos os resultados recai sobre aquele que é o frontman na hora da gravação.

Alguns cantores entram no estúdio preocupados, supervalorizando algumas questões e se esquecendo de outras mais relevantes. Gostaria de compartilhar alguns destes elementos, destacando aquilo que realmente deve ser motivo de atenção.

“Só gravo a noite. Antes disso, minha voz não fica boa”. Será mesmo que suas cordas vocais sabem que horas são? Depois de se comunicar o dia todo, normalmente as cordas vocais estarão menos contraídas, mas nada que um bom aquecimento vocal em qualquer momento do dia não resolva! Mas cuidado, muito aquecimento pode deixar o artista nervoso. Posso afirmar que, mais importante que o horário, é o estado emocional do artista. A tensão causa uma voz insegura, trêmula, com vibrato de nervoso.

Muitos artistas acham também que a prioridade em uma gravação é a afinação. Como produtor, afirmo que não. Quando o cantor foca todos os esforços na afinação "perfeita", ele se esquece de um dos fatores mais importantes: a interpretação.

Atualmente uma gravação é construída por meio de vários recursos tecnológicos, utilizados em álbuns de todos os lugares do mundo, em qualquer gênero musical. Cerca de 90% das vozes são afinadas manualmente e isto não é porque alguém cantou desafinado, mas porque vivemos uma época de perfeição extrema consequente da tecnologia.

Antigamente as gravações eram feitas em fitas. Elas causavam pequenas oscilações na afinação, o que escondia pequenos defeitos. Mas a gravação digital mostra as coisas como elas realmente são. A voz é reproduzida com perfeita fidelidade.

Por isso, quase a totalidade das vozes gravadas atualmente passam por uma afinação manual e cuidadosa com a função de estabilizar e não de "mudar a voz do cantor", mas sim para colocar a emoção do intérprete no lugar certo. Se você gravou, teve sua voz afinada e a afinação ficou “robotizada”, possivelmente quem o fez ou não sabe afinar corretamente ou não fez o procedimento com carinho.

Mas se a afinação não basta e os cuidados com a voz não são prioridades, o que é realmente importante para se conseguir um bom resultado em gravações vocais?

A resposta se resume em uma palavra: atitude. Uma música sozinha não é nada. Uma letra pode até não ter uma construção poética incrível, mas ela pode se tornar fascinante com uma boa interpretação. Para isso, é necessário estar bem resolvido e viver, naquele momento, aquilo que está sendo cantado. Na história da música, muitos cantores que não estudaram técnicas vocais foram longe devido à convicção do que estavam fazendo.

Pretende gravar as vozes do seu disco? Planeje a agenda com folga e longe dos prazos de entrega do trabalho e relaxe. Descanse a voz, evite uma sequência de apresentações antes da gravação, tenha boas noites de sono, fuja de pressões, estude as letras que serão cantadas e treine uma boa interpretação. Enxergue o momento como um prazer, não como obrigação e lembre-se: gravação e tensão são palavras que nunca combinam. Se preocupe com a afinação para as apresentações ao vivo. Este é um trabalho que deve ser desenvolvido com ajuda de profissionais e os resultados aparecem em longo prazo. Priorize a interpretação, aquela que vem da alma. Sobre os outros fatores, deixe por conta da tecnologia e, claro, nas mãos de um bom engenheiro de gravação e mixagem.

*Jordan Macedo é Produtor Musical e Engenheiro de Áudio, Mixagem e Masterização. Ele assinou trabalhos de artistas conhecidos do cenário cristão, como a gravação de Thalles Roberto, Palavrantiga, Cris Duran, Heloísa Rosa, entre outros.

Fotos: Anderson Negrão.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.