Notícias

Judeu Marginal: banda de rock gospel com defeito de fábrica e sem garantia, estréia com “A lista”

Projeto está disponível em todas as plataformas digitais

Redação em 02/02/22 108 visualizações
Judeu Marginal: banda de rock gospel com defeito de fábrica e sem garantia, estréia com “A lista”

Convenhamos: Judeu Marginal não é um nome fofo. Mas, mesmo assim, a banda garante que as primeiras reações ao seu nome não são testa franzida ou antipatia: “Este significado pejorativo e automático da palavra ‘marginal’ é um inimigo que a gente pretende resistir até que ele fuja de nós” diz, sorrindo, Sergio Verine, baterista e fundador do trio carioca que se completa com o guitarrista EJ e a vocalista Letícia Moraes.

O papo segue descontraído e eles comentam sobre o principal sentido do termo “marginal” que é o de estar à margem, apontam também algumas semelhanças do trabalho de composição com o importante movimento literário da década de 70 no Brasil, conhecido como Poesia Marginal e sintetizam: “o nome da banda é uma referência direta ao Cristo dos Evangelhos. Alguém que veio numa condição à margem de tudo que a sociedade poderia desejar como algo bom. Mais um na classe dos excluídos do poder, da riqueza e dos privilégios”.

O single de estreia, segundo a banda, fala de um amor diferente, “estranho, ‘Otarizado’, ignorado, inaceitável... amor não romântico, sem cupido, sem Eros. Um tipo de amor destinado a quem gostaríamos de, por natureza, cantar um medley a la Tarantino feito com ‘Canção da vingança’ do Titãs, ‘Beijinho no ombro’ da Valesca Popozuda e ‘Sabor de mel’ da Damares. Uma estreia com o pé na porta do clichê para gritar em alto e bom som o escândalo, a loucura, as subversões daquele Judeu Marginal que dividiu a história antes e depois de si, nos deixando o mais desafiante dos mandamentos: ame o inimigo.”

No instagram, @judeumarginal, a banda tem recebido elogios de grandes nomes do rock cristão e usado a ferramenta de forma criativa. Cada post é repleto de links e muitas referências. A mixagem e masterização são assinadas por Jorge Guerreiro, envolvido na produção de grandes nomes do rock nacional como Sepultura, Titãs, Pitty, NX Zero, Matanza, Strike entre outros. Vale conferir!!

link do spotify:
https://open.spotify.com/track/3QF2bO5keOzHw1RArkKlgC

Instagram:
http://www.instagram.com/judeumarginal

Ouças as músicas e saiba mais sobre:

Veja também no Super Gospel:


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook