Análises

Ouvimos a mais recente compilação da série Amo Você - Melhores Momentos. Confira nossa crítica

Tiago Abreu em 16/05/16 2755 visualizações
Os primeiros discos da coletânea Amo Você, durante a década de 1990, revelavam um amplo experimentalismo. Com artistas de diversos gêneros, até mesmo de fora do casting da gravadora MK Music, as novidades eram reais. Na década seguinte, o projeto consolidou-se, tomou maior identidade e reconhecimento do público.

A fase da identidade deu espaço, hoje, a um período de estagnação. Lançado dois anos após um disco compilado e comemorativo, Amo Você – Melhores Momentos, é uma colcha de retalhos. Apesar de ser anunciado como um projeto que traz os melhores momentos da série que, hoje, compreende vinte e uma obras, o registro não contempla grande parte do período. As faixas conhecidas pelo público são mais recentes.

Os volumes 11, 13, 18 e especialmente 14 e 15 compreendem toda a parte compilada. Canções pop produzidas por Emerson Pinheiro que realmente são alguns dos melhores momentos da série – como a dramática Te Amaria Outra Vez, faz jus ao título escolhido. Não Fuja de Mim, balada de Kleber Lucas, mesmo pouco marcante na discografia, aposta numa sonoridade diferenciada que deriva na MPB, semelhantemente ao feito em seu disco mais vanguardista – Comunhão para Aqueles que Te Amam. Mas, se de fato uma série com 21 discos poderia gerar um repertório forte, não faz nenhum sentido basear-se em apenas cinco álbuns.

Há novidades que não são específicas às canções inéditas. O single Acontece, carro-chefe do disco Somos 1, lançado pela dupla Cassiane e Jairinho pela Onimusic em 2014, faz parte e dá seu frescor. Janela do Coração, embora vá na mesma base instrumental de sua gravação original em 2008, apresenta os vocais de Gisele Nascimento ao invés das interpretações de Jessyca. Assim como a mudança não foi amplamente divulgada, é completamente discutível se a substituição faz alguma diferença significativa na música, seja positiva, ou negativa.

As inéditas, em grande parte, assumem o desgaste lírico e instrumental que a coletânea exala nos quase últimos dez anos. Os arranjos continuam a ter uma identidade cujo sentido estaria na década de 1980. Exceto Vamos Juntos, dueto de Bruna Karla e Pr. Lucas. A sonoridade pop rock, juntamente com versos cuja compreensão de amor vai além da fundamentação piegas, agrada e dá o seu valor no repertório. Perdido em músicas relativamente funcionais e fonogramas deslocados, Amo Você – Melhores Momentos está longe de oferecer os grandes momentos da mais popular série da MK.

Nota: ★★☆☆☆
Amo Você - Melhores Momentos

(CD) 01/16


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Vários artistas

Veja também no Super Gospel:

Tiago Abreu

Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), escreveu para o Super Gospel entre 2011 a 2019. É autor de várias resenhas críticas, artigos, notícias e entrevistas publicadas no portal, incluindo temas de atualidade e historiografia musical.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.