Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Tu és lindo ....
(Santa Geração)

Roberto Azevedo em 24/03/2007
Para o Super Gospel
Tu és lindo ....

Compre este CD agora

Faixas:
1. Isaias 61:1-2
2. Jesus, Jesus, Jesus! (ao vivo)
3. Yeshua Hamashia
4. Tu És Tão Lindo
5. Quero me embriagar
6. Aba Pai (ao vivo)
7. Redime a minh’alma
8. Aleluia! Eu hei de ver os anjos
Pastor Antônio Cirilo é um dos precursores de um estilo musical rotulado pela mídia como “adoração extravagante”. Não por acaso Cirilão (como é conhecido pela galera) é responsável por um dos melhores discos de adoração espontânea já lançados, denominado Anseio Ardente, gravado em parceria com o Ministério Asas da Adoração de Cris Tristão.

Em seu décimo primeiro lançamento o Ministério que faz parte da Igreja Batista de Contagem (MG) mantém suas características anteriores. Oito canções de adoração que priorizam as ministrações sem se preocupar se o hino vai ter o tempo e métrica “ideais” para ser vinculado nas rádios evangélicas.

Uma novidade boa é que o Ministério está incluindo cada vez mais em seus arranjos a pegada do hard-rock e rock progressivo dos anos 80. Pedais com efeitos usados tanto nessa década, quanto na década de 70 tem sido uma constante nas canções.

Comenta-se que Cirilo curte o som das bandas inglesas, como por exemplo, o Delirious. Outros mais fofoqueiros (sagazes, encanados, descolados ou críticos), visualizam em seus cds mais recentes similaridades com o som do ColdPlay nos arranjos de base.

Comentários à parte, este não chega a ser um disco no estilo Livre para adorar, Heloísa Rosa ou Lucas Souza, que assumidamente são influenciados pela pegada do pop-rock inglês. Mas com certeza tá caminhando pra isso. E se isso acontecer, sem que se perca a sua singularidade nos espontâneos, as expectativas são das melhores.

Tú És tão lindo traz um belo trabalho gráfico da Imaginar - Design & Studio. O encarte traz todas as letras, agradecimentos, ficha técnica e nenhuma foto.

As palavras de Jesus no livro de Lucas 4:18-21 referentes à profecia de Isaías 61:1 é cantada na canção que leva esse nome. Isaías 61:1-2 traz um arranjo típico da atual fase do Santa Geração, com uma base de teclado-strings bem marcada criando um clima envolvente ao lado de uma série de licks e efeitos de guitarra.

Jesus, Jesus, Jesus é um hard rock gravado ao vivo. Para quem curte Santa Geração a bastante tempo vai perceber que a canção lembra a pegada do “Anseio Ardente”, tanto na letra, quanto no arranjo. Isso talvez se deva ao fato de ser um remix do segundo CD “Adoração Íntima” que é da mesma época.

Um riff de piano e guitarra dá o tom para Yeshua Hamashia. A balada exalta o amor de Deus por aqueles que tem compromisso com Ele. Verdadeiramente o Pai honra a nossa fé.

No turn around final temos uma rápida ministração de Cirilo, com um clamor por restituição de casamentos, de famílias, de caráter, de ministérios, de ânimo para a obra de Deus... Situações muito mais sérias do que a prosperidade que se clama em altas vozes na maioria das igrejas.

Tú És lindo em alguns momentos lembra um versículo do livro de salmos, em outro lembra o livro de Cantares. Seus versos revezam frases de exaltação a Jesus, único digno de louvor e adoração. “E por falar de flores, Tú És tão lindo. No jardim de Deus nada se compara a Ti”.

A faixa título começa bem contemplativa. Mais adiante, guardadas as devidas proporções, lembra um pouco os hinos com a pegada do pop-rock inglês, tipo Delirious, Matt Redman, etc... Principalmente na pegada da banda minutos finais. Muito legal.

A segunda parte do cd abandona esse estilo mais contemporâneo que o Ministério está incorporando aos poucos. A partir da quinta canção os louvores se parecem mais com os hinos dos 6 primeiros discos do Santa geração.

Quero me embriagar mantém a idéia base de teclado preenchendo todas os espaços da condução harmônica ao lado de licks e riffs de guitarra dando um tempero “brothers in arms” no arranjo final. O louvor segue o mesmo padrão rítmico em seus 8 minutos. Uma subida de tom ou de dinâmica seriam bem vindos.

Aba Pai e Redime a minha alma seguem a pegada contemplativa da canção anterior.

Redime a minha alma segue a linha pouca letra para muita música (não que eu tenha algo contra isso). Em relação a Aba Pai e Quero me embriagar traz o diferencial da subida de dinâmica deixando a música mais atinada e menos previsível.

Outras particularidades de Cirilão são suas letras. Aleluia! Hei de ver anjos, é uma canção típica da Santa Geração, da letra ao arranjo final.

Como disse no início, Santa Geração é rotulado pela mídia como “adoração extravagante”. Mais do que ficar valorizando um rótulo, creio que Cirilo e Cia. cuidam com zelo do ministério que receberam do Senhor. E para eles (e para Deus) é isso que realmente importa.

Como parte dessa mídia deixo aqui meu rótulo para o Santa Geração: Adoração com simplicidade e base bíblica.

Que venha o 12...


Compre o CD Tu és lindo .... na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.