Notícias

Ano Novo, dieta nova!

Redação em 22/12/23 18 visualizações
Ano Novo, dieta nova!

Adotar um estilo de vida mais saudável, sendo mais seletivo na escolha dos alimentos para perder peso é uma das metas comuns a nove entre dez pessoas para o ano novo que se inicia. O que a maioria desconhece é que a Bíblia apresenta prescrições bem claras sobre a dieta ideal para manter o equilíbrio do corpo e da mente, garantir a longevidade e prevenir a maioria das doenças.

Não é curioso notar que a maioria das religiões, como o islamismo, o judaísmo e o candomblé, por exemplo, apresentam restrições alimentares aos seus seguidores, enquanto os cristãos não se preocupam com as recomendações divinas a esse respeito?

“A Bíblia oferece toda a segurança nutricional de que precisamos”, afirma o biólogo formado pela USP, Augusto Fajardo, especialista em Ecologia Alimentar e mestre em Qualidade de Vida (PUC Curitiba). “Deus inspirou 40 seres humanos que a escreveram, ao longo de 1500 anos. Ele não erra e não se desatualiza, porque é pleno e absoluto em todo tipo de conhecimento essencial a todos nós”, emenda o escritor da Bíblia Sagrada da Saúde, lançada pela Sociedade Brasileira de Nutrição & Qualidade de Vida, em parceria com a Sociedade Bíblica do Brasil.

A proposta de Fajardo é voltar ao natural, numa dieta baseada em frutas, legumes, verduras, cereais integrais, leguminosas e oleaginosas, como no Jardim do Éden. “Um alimento não satisfaz, não sacia, quando sua composição não é identificada quimicamente nas papilas gustativas da língua e no hipotálamo porque foi elaborado por substâncias sintéticas criadas em laboratórios, por engenheiros de alimentos”, observa.

As sugestões do presidente da Sociedade Brasileira de Nutrição & Qualidade de Vida para dar um novo rumo aos seus hábitos alimentares, nesse início de ano, baseiam-se em trocas inteligentes. Então, troque:

  1. As guloseimas pelas frutas comuns.
  2. Os cereais refinados pelos integrais.
  3. As proteínas e gorduras animais pelas proteínas e gorduras vegetais, com o destaque para o azeite.
  4. Os refrigerantes por água.
  5. O café pelos chás caseiros e sucos naturais sem adoçar, ingerindo-os até meia hora antes e duas horas depois das refeições.
  6. Os molhos, cremes e patês industrializados por seus equivalentes caseiros.
  7. O sedentarismo por exercícios regulares.

Adepto da Dieta da Bíblia, Augusto Fajardo que, na juventude foi obeso e sofria com gastrites, afirma não ter recorrido a médicos nem medicamentos, desde que iniciou desenvolver o programa “Deixar de Adoecer”, há 42 anos.

Jornalista Myrian Rosário – MT 17.770

Contatos: (11) 99751-2993 / [email protected] / @myrian_rosário

 

Ouças as músicas e saiba mais sobre:

Veja também no Super Gospel:


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook