Análises

Os gêmeos Alex e Alex lançam Até o céu te ouvir, pela Mk Music

Rafael Ramos em 19/11/10 9611 visualizações
Depois de marcarem a música gospel brasileira com o disco "Pra glória do Teu nome" e com os sucessos românticos "Chocolate quente" e "A química", os irmãos Alexandre e Alex Bueno retornam com Até o céu te ouvir, que traz 11 canções gravadas ao vivo na Assembleia de Deus Ministério Missão Vida pelas mãos do produtor Leandro Simões, além de duas faixas bônus.

Com uma proposta totalmente voltada para o estilo louvor e adoração, Alex & Alex mostram um repertório muito rico com canções escritas em sua maioria por Alexandre Bueno em parceria com Alex Bueno, Alex Sonora e o primo Victor Bueno que são promessas de mais um grande sucesso da carreira desses adoradores.

Abrindo o repertório, Alexandre Bueno assina a faixa-título mostrando o nível de maturidade das composições – “Deus vai fazer uma história de luto morrer / Quando não dá mais / O altar se quebrou e a cinza caiu nos teus pés / O teu sol chorou / O teu mundo caiu / Parece que o céu não quer mais te ouvir”. Com piano tocado por Tadeu Chuff, a música fala que a provação acaba quando você se dispõe a se levantar e adorar a Deus.

Em parceria com Alex Sonora, os gêmeos escreveram Minha geração que promete agradar aos ministérios de louvor das igrejas. Com ritmo bem pulsante marcado pela bateria de Leonardo Reis e a guitarra de Robinho Barreto, a canção se baseia na profecia do derramamento do Espírito Santo conforme predisse o profeta Joel. O back composto por Fael Magalhães, Jane Magalhães, Michele Ferreira e Jairo Bonfim dispensa apresentações.

Muda minha vida foi escolhida para ser a primeira música de trabalho do novo álbum da dupla e, como em todas as faixas, a letra é muita profunda e toca completamente o coração. É a maior do álbum – 5’20” – e foi muito bem arranjada por Tadeu Chuff.

Outra faixa com belos arranjos é O impossível vai nascer, escrita em parceria com Victor Bueno (primo de Alex & Alex), que é marcada pelo contra-baixo de Rogério Dy Castro e o violão de Robinho Barreto e tem a mesma temática de "Clama, Ana", gravada por Emerson Pinheiro em "Adorarei". Uma das surpresas da faixa é a participação de Victor que mostra que o talento musical está mesmo inserido no DNA da família Bueno.

Apesar de o nome remeter ao famoso filme com Whitney Houston, Guarda-costas não é uma canção romântica, mas um hino de celebração com uma pegada bastante roqueira onde as guitarras conduzem muito bem o momento.

Até o fim seria perfeita naqueles filmes sobre a história do povo de Israel no Egito – “Os meus pés estão no Egito / Minhas roupas são do Egito / Mas o meu coração está / Em outro lugar / Canaã é minha herança / Lá eu tenho uma aliança / Com o Deus de Jacó, Isaque e Abraão”. O louvor é acompanhada apenas pelo piano durante os dois primeiros minutos dando mais espaço à emocionante interpretação dos cantores.

Humano, sem dúvida, é uma das mais poéticas do projeto. Bateria, cordas e piano são os instrumentos que mais se destacam na melodia dessa canção que exalta a soberania de Deus – “A dimensão do oceano é uma gota / Reluzente mais que o sol / Transparente mais que o ar / Eu posso te tocar / Nem a morte / A vida / O tempo, os anos podem / Me afastar de Ti”.

Anos dourados é uma verdadeira profecia para que tudo o que foi dito por Deus se cumpra na vida daqueles que forem abençoados por esse trabalho tendo a guitarra como um show à parte – “Daqui pra frente vou viver os anos / Mais dourados que o ouro / Daqui pra frente tudo que era / Triste, velho, tudo se fez novo / Anos dourados / Depois de Cristo a vida sorriu / Pra mim”.

Os ansiosos por mais um sucesso romântico na voz dos irmãos podem pensar que Além das galáxias é a tal canção. Também, um arranjo de piano e cordas bem orquestrado e uma letra como “Sabe, eu Te amo mais que o universo possa imaginar / Uma hora é como um dia e eu Te espero pra Te encontrar / Só pra ter o Teu sorriso como aquela manhã / Que acorda pra chegar / Sabe, as galáxias não suportam a velocidade que eu Te quero / Um dia inteiro é como um ano, como séculos e eu sempre Te espero” podem confundir qualquer um, mas basta ouvir atentamente para perceber que a declaração de amor é direcionada para Deus que não tem Seu nome explícito na música.

Baseada no conhecido trecho “Obedecer é melhor que sacrificar”, Obedecer fala da suprema importância em seguir os conselhos de Deus em detrimento aos mitos de En-Dor, comparando os reinados de Saul e Davi.

Fechando a parte ao vivo do cd, a dupla que é fã confessa do gospel internacional assina Depois da cruz que carrega fortes influências do estilo Hillsong que é bem característico nos arranjos de Tadeu Chuff e Leandro Simões – “Virou o meu mundo de cabeça pra cima / Depois da cruz / Uma metamorfose que mudou minha vida / Depois da cruz / Minha vida é sobrenatural / O mundo vê como anormal / Mas pra mim é o Teu poder / Nunca mais serei o mesmo / Livre sou depois da cruz”.

Antenados em tudo que diz respeito à tecnologia e ao sucesso das novas mídias, Outdoor é a canção romântica que todos esperavam ouvir e vão concordar que vale a pena esperar até a 12ª faixa para poder conferi-la. Para se adequar ao universo tecnológico, os arranjos e a voz dos cantores são cheios de loops e efeitos digitais – “Eu coloquei nosso vídeo no YouTube / Eu coloquei nossa foto no outdoor / Quem sabe, nossa história / Pode virar a cena de um filme?”. É, ao que parece, “depois do chocolate, da química perfeita”, Outdoor tem tudo para embalar os momentos especiais dos casais apaixonados e conectados.

Fechando o álbum, temos a versão em espanhol de Até o céu te ouvir (Hasta el cielo oir) feita por Pablo e Yasmin Herrera que trazem os irmãos mandando bem na língua hispânica.

Além das músicas, o encarte também foi muito bem feito seguindo a linha do título do disco em fotos feitas pelo saudoso Sérgio Menezes, homenageado no álbum, e um brasão feito pelo designer Igor Cordeiro que dá um ótimo acabamento nesse trabalho que vai lhe ajudar a ter mais forças para clamar até o céu te ouvir.
Até o Céu Te Ouvir...

(CD) 08/10


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Alex & Alex

Veja também no Super Gospel:

Rafael Ramos

Rafael Ramos é membro da Igreja União Evangélica Pentecostal em Parada de Lucas (RJ). É um jornalista apaixonado não só pela música, mas também pela história do gospel mundial. Criador do site Gospel no Divã no ar desde 2008, é usuário quase compulsivo de redes sociais e amante de uma boa leitura.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.