Análises

Aline Barros lança terceiro cd pela MK - Extraordinário amor de Deus

Rafael Ramos em 02/02/11 85426 visualizações
Um cd que consegue vender 50 mil cópias em apenas um dia é realmente um feito extraordinário e Aline Barros soube escolher muito bem o nome de seu terceiro álbum ao vivo pela MK Music – Extraordinário amor de Deus.

Apesar do encarte não trazer as palavras ao vivo, o novo trabalho da cantora e pastora foi gravado na Comunidade Internacional da Zona Sul no dia 17 de dezembro de 2010 com produção de Ricardo Feghali e Cleberson Horsth, músicos da renomada banda Roupa Nova.

Apesar das polêmicas por optar pelos integrantes da banda, depois de vários trabalhos com Rogério Vieira que lhe renderam dois Grammys Latino – Aline Barros & Cia (2006) e Caminho de milagres (2007) – e pela capa bastante diferente das que a cantora já tinha feita, não dá para negar que o disco já era um sucesso antes mesmo de chegar às lojas. Não é à toa que ele ganhou destaque na coluna Estúdio, do jornalista Mauro Ferreira, do Jornal O Dia em 31 de janeiro de 2010

Aline começou a gravação aos brados de Geração bem aventurada, escrita pela própria em parceria com o esposo Gilmar Santos e dos amigos Anderson Freire e Aretusa. A canção, baseada nas bem-aventuranças descritas em Mateus 5, tem uma pegada meio roqueira que dá aquele up no repertório com as guitarras de Clóvis Lardo. Um detalhe da produção é que não há pausas na mudança de uma faixa para outra e assim há uma continuidade entre as músicas.

Ressuscita-me (Anderson Freire) foi a primeira canção escolhida para trabalhar o novo projeto e versa sobre a ressurreição de Lázaro e abre com os teclados de Feghali e Horsth. É uma das mais belas e Aline fez como na canção "Manancial" do cd "Caminho de milagres" em que se ouve somente a voz do público após uma pequena pausa dos instrumentos.

Escrita por Luciano Lima, Vitória no deserto é uma regravação do Ministério Hebrom que também foi gravada pelo Ministério Unção Ágape. Uma surpresa é a participação de quase todos os músicos do Roupa Nova – Ricardo e Feghali (teclados), Serginho Herval (bateria), Nando (baixo) e Kiko (guitarra e violão). Só faltou o Paulinho na percussão dessa que promete repetir o mesmo sucesso de Apaixonado e Tudo é teu. A foto central do encarte feita por Ronaldo Rufino faz referência ao trecho que diz – “Então eu direi / Abra-se o mar e eu passarei / Pulando e dançando em Sua presença”.

Anderson Freire também assina Carpinteiro que fala sobre o sacrifício de Cristo, tema muito recorrente nas produções de Aline. O talento do back é algo que realmente merece destaque – Marcio Horsth, Carol Feghali, Rafael Magalhães, Jane Magalhães e Dennis Goursand.

Davi Fernandes e Jamba assinam Não me calarei que tem um molejo muito diferente das canções que a cantora geralmente grava e tem bem o estilo de Jamba que produziu o álbum de samba de Luiz Arcanjo. Falar que os arranjos ficaram muito bem produzidos chega a ser cair em lugar comum quando se trata de Roupa Nova.

Anderson também compôs Primeira essência que expressa o desejo de não perder o primeiro amor e cita um trecho de II Coríntios 2.14 ao dizer que somos o bom perfume de Cristo. Sem dúvida, a letra promete emocionar nos momentos de adoração das igrejas – “Eu estou no meu jardim / Tranquei a porta e abri meu coração / Reguei minhas raízes com minhas lágrimas / Gotas de adoração”.

Somos livres (Aline Barros e Anderson Freire) é a primeira a citar a palavra extraordinário e não tem participação do back-vocal. Clóvis Lardo, que atua na co-produção da faixa, arrebenta na guitarra.

Como é de costume, Aline gravou a versão de "Arms open wide", gravada pelo Hillsong United em "Across the Earth: Tear Down The Walls" (2009). A música que foi batizada de Rendido estou conta com a participação de Fernandinho de quem a intérprete gravou "Derrama" em um medley do dvd Som de adoradores (2005). O dueto é um encontro marcante entre dois grandes representantes do segmento louvor e adoração e vale a pena conferir.

Atitude é mais uma de Anderson Freire e é uma oração para que Deus seja o centro do nosso viver e que tenhamos uma vida sem tropeços.

Anderson e Aline assinam Adoração sem limites com base em um trecho do Salmo 116 com arranjos de Rodrigo Tavares.

"Fazer missões" também é outro tema muito tocado pela pastora e isso é tratado em Sonho de Cristo que convoca nossa juventude a despertar nesses últimos dias para fazer a diferença. O povo se empolga com a versão rapper da cantora e grita a plenos pulmões “Yeah! Yeah! I love my Jesus!”.

O violão de Marcelo Horsth pontua Rei da glória, versão de "King of glory" baseada no Salmo 24. A canção foi gravada nos álbuns "Offerings a Worship" (2000) e "Chronology Vol.1" (2007) do Third Day. É a primeira vez que Aline grava uma canção da banda e essa em especial se encaixou perfeitamente com a musicalidade da produção.

Rodrigo Tavares assina os arranjos de Deus extraordinário (Aline Barros e Clóvis Lardo), apontada inicialmente como possível nome do trabalho e chegou a ser divulgada em um show em Volta Redonda no ano passado. Uma canção de gratidão e exaltação a Deus pelos Seus feitos ao longo da história humana. O coro é fácil e dá vontade de repetir várias vezes – “Te amo, Deus / Te honrarei / Hosana nas alturas / Teu nome é poder pra sempre”.

Fechando o repertório, Teus pra sempre é versão de "Yours forever" gravado pelo "Hillsong Kiev Ukraine Undivided" (2010). A faixa é bem carregada nas guitarras e podemos ver bem o talento dos filhos dos produtores – Marcelo Horsth (guitarra) e Thiago Feghali (bateria). O público encerra a canção à capela e com muitas palmas declarando que “Somos Teus pra sempre / Não somos mais iguais / Teus pra sempre / Nosso alvo em Ti está / Teus pra sempre”. Que você possa ser inundado pelo extraordinário amor de Deus capaz de fazer o mais vil pecador ser mais alvo do que a neve.

Compre agora mesmo o CD Extraordinário amor de Deus, da Aline Barros
Extraordinário amor de Deus

(CD) 02/11


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Aline Barros

Veja também no Super Gospel:

Rafael Ramos

Rafael Ramos é membro da Igreja União Evangélica Pentecostal em Parada de Lucas (RJ). É um jornalista apaixonado não só pela música, mas também pela história do gospel mundial. Criador do site Gospel no Divã no ar desde 2008, é usuário quase compulsivo de redes sociais e amante de uma boa leitura.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.