Análises

Ouvimos o novo disco de Rodolfo Abrantes - Joio ou Trigo. Confira nosso review

Tiago Abreu em 23/11/15 4633 visualizações
Após estrear a série Rompendo a Barreira do Templo – R.A.B.T., Rodolfo Abrantes mostrou que queria, ao menos em tese, fugir de todos os padrões e limitações do meio gospel para adentrar o campo de intersecção difícil, mas interessante, de diálogo a não-cristãos aquilo que se crê. No entanto, o álbum R.A.B.T., lançado em 2012 pela Onimusic, não mostrou nada de novo em sua carreira de cantor solo.

Seu follow-up, Joio ou Trigo, contém uma novidade. É o primeiro disco de Rodolfo juntamente com outra banda, O Muro de Pedra. Mas, musicalmente e liricamente, não chama a atenção. A produção, assinada por Rodolfo Abrantes – em conjunto com Victor Pradella, Thiago Tonini, Anderson Kuehne e Gabriel Reinert – é limpa, e embora as guitarras de Abrantes juntamente com as de Pradella se façam bem presentes aqui e ali, falta vontade. O registro soa circular e cômodo.

O trabalho acena para um fato na vida de Rodolfo. O músico passou mais de uma década transgredindo limites, alcançando expectativas, e agora ele só quer "adorar" e mostrar o deslumbre que tem por sua nova vida. E é isso exatamente o que o disco traz: Abrantes despojado, tranquilo, satisfeito e, possivelmente, em sua melhor fase pessoal. A melhor faixa dentro desta narrativa é a romântica Todo Dia, Até Morrer, inteligentemente escolhida como uma das faixas de trabalho. Ao som do ukelele, conduzido por Rodolfo, nos faz lembrar que ele foi um dos maiores letristas do rock brasileiro.

Todavia, os versos do repertório perdem o sentido estético existente na experiência congregacional quando transportados para outros ambientes. Rodolfo disse, em entrevista a Rolling Stone que “a gente tem orado pra Deus abrir cada vez mais as portas para o ambiente fora da igreja”. No entanto, dificilmente a maior parte das letras deste projeto serão compreendidas por não cristãos e até mesmo cristãos que não estão imersos no evangeliquês. Desta forma, Rodolfo está muito longe de romper as barreiras do templo.

Nota: ★★☆☆☆
Joio ou Trigo

(CD) 01/15


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Rodolfo Abrantes

Veja também no Super Gospel:

Tiago Abreu

Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), escreveu para o Super Gospel entre 2011 a 2019. É autor de várias resenhas críticas, artigos, notícias e entrevistas publicadas no portal, incluindo temas de atualidade e historiografia musical.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.