Notícias

Confira a entrevista da cantora Lérida, que prepara seu quarto disco solo - Para sempre adorado

Redação em 04/12/14 2106 visualizações

 A cantora que já foi destaque do Quadro de Calouros do Programa Raul Gil e Programa tarde Show, prepara seu novo projeto.
 
Como começou sua história com a música?

Meus pais eram muito ativos na igreja. Meu pai era músico, trabalhava com jovens e minha mãe sempre cantava com seus irmãos e no coral de mulheres. Além disso, eles participavam de caravanas evangelísticas no Estado do Paraná e foi em uma dessas viagens que minha mãe percebeu que mesmo eu tendo apenas alguns meses de vida, a música me acalmava e me emocionava. Devido ao ambiente musical em que cresci, fui desenvolvendo meu dom ainda bem pequena. Comecei a cantar na igreja com apenas 3 anos de idade. Com 6 anos fazia apresentações em eventos cíveis na cidade onde interpretava o  Hino Nacional Brasileiro, fiz parte de coros de crianças, adolescentes, jovens, enfim minha vida sempre foi envolvida com a música.

Você participou por dois anos do Programa Raul Gil sendo avaliada a cada semana pelos jurados e recebendo inúmeros elogios. Como foi esta experiência para você?

Minhas participações no PRG foi um grande presente de Deus para a minha vida. A cada programa era uma nova experiência e que somaram na minha vida. Minha participação no programa me ajudou a valorizar ainda mais o dom que Deus me deu e o chamado que ele me confiou. Ouvir os elogios que recebi no programa só confirmaram que aquilo que Deus nos dá é sempre o melhor! Sou grata a Deus por ele ter me escolhido e me capacitado a cada dia.

Após suas participações no PRG, você também participou do Programa Tarde Show, que era um programa de talentos gospel. Você chegou entre os cinco finalistas, mas não ganhou o programa. Como você se sentiu, já que para quem acompanhou o programa, acreditavam que você seria a vencedora, até pela experiência anterior no PRG?

Participar do Tarde Show também foi maravilhoso pois além de ser um ambiente o qual estou acostumada, também fiz muitos amigos ali e recebi muito carinho dos jurados e de pessoas que já conheciam meu trabalho através das minhas gravações anteriores e do PRG.

Era um programa de competição e todos os candidatos eram muito bons, inclusive muitos não conseguiram chegar à final. Acredito que mais do que ganhar um programa ou uma competição, é você dar o melhor de si e nunca desistir dos seus sonhos e projetos. Ás vezes somos vencedores em alguma coisa, mas paramos por ali, e não damos continuidade. Outras vezes não alcançamos o pódio naquele momento, mas damos continuidade no que acreditamos e fazemos com amor. O fato de ter ficado entre os cinco finalistas, já me deixou muito honrada, pois eram inúmeros candidatos e só cinco foram para a final, e eu estava entre eles, além disso o programa também foi uma vitrine. Muitas pessoas que já conheciam meu trabalho acompanharam e outras que não conheciam passaram a conhecer.

Você tem três trabalhos gravados e ficou um grande período sem lançar um novo álbum. Como está sendo a expectativa para este novo trabalho?

Sim, gravei meu primeiro disco com 09 anos. O segundo com 14 e o terceiro com 18.

Deus tem seus planos e nem sempre entendemos o trabalhar dele. Mas ele permitiu que eu ficasse por 16 anos sem lançar um novo trabalho e eu permaneci aguardando nele, pois sabia que na hora certa ele ia tocar no meu coração que era a hora de preparar um novo trabalho. Durante estes anos, eu permaneci ministrando em vários lugares, participei de alguns programas como o PRG e o Tarde Show, cursei a faculdade, e de repente o desejo de um novo trabalho começou a amadurecer em mim. Oramos, entregamos nas mãos de Deus e agora realizamos mais este projeto para a Glória de Deus. A expectativa é grande, pois aguardei muito este momento, mas tudo está nas mãos de Deus e ele vai guiando cada momento deste novo tempo.

Você  compõe? Que estilo musical que melhor define este trabalho?                         

Sim. Deus tem me dado algumas composições também. Inclusive neste novo projeto, tive o privilégio de gravar duas de minhas composições em parceria com meus pais.

Em relação a estilo musical, eu sou bem eclética, gosto de todos os estilos, mas este trabalho define-se em um estilo pop pentecostal.            

Quais as novidades que pode nos contar sobre este novo projeto seu CD "Para Sempre Adorado"?

Bem, este trabalho é muito importante para mim, pois além de ser o quarto trabalho depois de 16 anos sem gravar, também marca meus 32 anos de ministério. Como já citei acima, meu ministério iniciou quando eu tinha apenas três anos de idade e posso dizer que vivi muitas experiências grandiosas que me fizeram amadurecer tanto profissionalmente como espiritualmente e hoje posso passar isso através de cada detalhe deste trabalho.

O cd está muito bonito. São 08 canções de vários amigos compositores, 2 minhas em parceria com meu pai e minha mãe e uma especial da Harpa Cristã, composta pelo Pastor Paulo Leivas Macalão (in Memorian) em homenagem ao livro mais importante que existe, que é a Santa Bíblia. Além disso, pude contar com o profissionalismo do amigo e Maestro Fábio Mariano que fez a parte de produção musical, além da participação de uma equipe de músicos sensacionais que abrilhantaram este projeto.

Quem são suas inspirações na área da música?

Bem, minhas primeiras inspirações na música, eram as cantoras infantis dos anos 80: Vaninha, Sandrinha, Silvana Romão, entre muitas outras. Com o tempo, conheci outras vozes que me encantaram, como a da cantora Elizieth, Cristina Mel, Sandi Patty, Cece Winans entre outras muitas.

Além de cantar, você também toca algum instrumento?

Sim, eu fiz 5 anos de Piano clássico ainda quando criança e fiz violino também. Toquei teclado por muitos anos no grupo de louvor da igreja e violino na orquestra.

Você também é psicóloga. Como você concilia o seu ministério de louvor com a Psicologia?

Quando comecei a cursar a faculdade, não entendi o propósito de Deus para a minha vida neste sentido. Um determinado dia, a Suzete (Fat Family) foi ministrar na minha igreja e ao final do culto Deus a usou para falar comigo sobre o curso que eu estava fazendo e qual o propósito que ele tinha entre meu ministério e minha formação. Á partir daquele momento entendi que Deus tinha algo maior do que eu tinha imaginado para meu ministério.

Hoje, além de ministrar o louvor, Deus tem me levado a ministrar na vida de muitas mulheres e a usar a minha formação para ajuda-las.

O que você gosta de ouvir nas horas vagas e que dicas de CDs você poderia dar para os leitores?

Gosto de ouvir muita coisa, desde pregações e ministrações, até bons cds e dvds de música.

Sou bastante curiosa, então sempre estou pesquisando cantores não muito conhecidos da mídia gospel e encontro muita coisa boa. Tem muita gente de grande talento pelo Brasil a fora. Vale a pena conhecermos.

Esta é a minha dica: Ouviu um nome de cantor ainda não conhecido? Pesquise e ouça. A gente se surpreende!!

Deixe um recado para os leitores.

Deixo a cada um de vocês o meu carinho. Que Deus venha abençoar a vida da equipe que faz este trabalho de forma excelente e a todos os usuários e leitores que acompanham o site, que vocês possam ser edificados através de cada noticia, entrevista, e claro, que vocês conheçam e gostem do meu novo trabalho!!

Um beijo no coração de cada um!

Em Cristo!

Lérida
www.lerida.com.brr
[email protected]
11-3869-2773 / 9-9327-8027 com Ana Cláudia

 

Ouças as músicas e saiba mais sobre:

Veja também no Super Gospel:


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.