Notícias

Entrevista: Sérgio Saas

Redação em 29/11/05 44602 visualizações
Há quanto tempo existe o Raiz Coral? Quando surgiu o grupo?

Há Cinco anos e nove meses. Março de 2000

Porque você saiu do Raiz Coral? Houve alguma divergência?

Saí porque não consegui conciliar as minhas atividades com o Cd solo e o volume de saídas do Raiz Coral.

Há alguns meses surgiu uma grande polêmica envolvendo a música “Pequena Luz”. Algumas pessoas disseram que a música possuía uma mensagem subliminar, onde era dito "Brilha Satanás". O que é realmente isto?

Quando gravamos tentamos transmitir toda emoção ou alegria e a música em questão tem toda uma história de escolinha sabatina, classe bíblica e era um hino infantil cantado desde a década de 70 nas igrejas, achei que teria tudo a ver convidar um grupo de crianças pra fazer a introdução do hino, neste dia o Raiz Coral nem estava no estúdio, só eu o Clayton Nunes que operava o computador e as Crianças com seus pais.

Tentei criar um clima de começo de escolinha quando a Professora ainda não chegou e as crianças estão todas conversando, sabe? Aí fui pra dentro da sala de gravação pra tentar descontrair as crianças e alguns pré-adolescentes que estavam tímidos, tudo estava sendo gravado pra se pegar um trecho natural e alegre, eu mesmo perguntei para os meninos que estavam tímidos se eles eram São Paulinos porque o time do São Paulo havia perdido um jogo no dia (para descontrair), exatamente este trecho foi escolhido pelo Clayton Nunes sem ter noção também do que estava sendo falado era apenas soma de vários canais de crowd e num desses nós ouvimos “Quem é são Paulino aí? Vocês são né? Por isso que vocês tão triste aí!”

Alguém sugeriu pro mundo através da Internet que se podia ouvir Brilha Satanás nesta música e a massa nunca iria saber que o diálogo em questão era “Quem é São Paulino aí? Vocês são né? Por isso que vocês estão tudo triste aí! Rs” Aí muita gente acreditou e realmente se você quiser escutar isso você realmente escuta como qualquer outra coisa parecida, visto que não passa de uma mensagem sugestiva e não Subliminar. A mensagem Subliminar não atinge o consciente Você não percebe que está recebendo aquela informação. Ex: Os filmes e desenhos inofensivos que deixamos nossos filhos assistirem, propagandas de produtos, comerciais de bebida e fast food.

O que eu tenho como explicação é a verdade. Pode ser até difícil de acreditar, mas é a verdade. Talvez se eu dissesse que era uma cacofonia ou uma pessoa dizendo “Brilha Jesus” e outra Dizendo “Sai Satanás” e que juntando teria dado Brilha... Ou alguém cantando no meio do povo a letra original do hino que diz: “Satanás não apagará vou Deixar Brilhar” muitos já teriam acreditado, mas não seria a verdade. O que estou dizendo é a verdade, nada mais do que a verdade. Tenho todos os arquivos abertos e o que eu encontrei foi o que já respondi anteriormente. acho que os planos de reverb e delay junto com o baixo volume do crowd, transformaram o áudio do take. Acho que não temos que apontar culpados numa situação como esta, mas tirar lições de vida prática e uma das lições que eu tiro deste fato é nunca esperarmos nada do homem por que o homem é falho tanto pra você que nos admira quanto pra nós que recebemos o seu reconhecimento, pois muitos que nos ovacionaram foram os mesmos que nos atacaram com calúnias e inflamaram uma outra gama de pessoas que não se identificavam com o grupo pelo estilo das músicas ou pela cor da pele (Não sei). Com Jesus foi a mesma coisa. Muitos daqueles que o saudaram com folhas de palmeira na sua entrada triunfal em Jerusalém foram muitos daqueles que depois gritaram cruscifica-o na via sacra. A raiva dessas pessoas só pode refletir a raiva de satanás contra um ministério que dá frutos e isso sim é sério! Houveram sim pessoas que nunca tiveram sua confiança no grupo abalada, pessoas que nos defenderam. Mas é isso aí, no fim o Bem sempre vence o mal, não é assim? Aplauso não será, não foi e não pode ser critério usado para medir a sua espiritualidade nem a sua credibilidade com o público. Não se guie pelos aplausos, eles são um agente fertilizante da soberba e a soberba precede a queda..

Qual foi a posição do Raiz Coral durante todo este tempo? A banda recebeu algum tipo de crítica com relação a esta polêmica?

Sempre fomos um grupo de oração, mas com o crescimento e o acúmulo de responsabilidades, agenda, trabalhos, gravação, viagens, perdemos a comunhão como grupo e como unidade por causa de uma única coisa: “tempo”. Não se tem mais tempo pra orar em grupo, nem de ensaiar tínhamos tempo. Deus permitiu isso acontecer pra descermos novamente no joelho, separarmos tempo para oração, meditarmos na palavra antes de entrarmos no palco e voltarmos para face de Deus. Recebemos muitas criticas, especulações, elas serviram primeiro pra nunca dependermos e nem esperarmos nada dos homens, pois o coração do homem é enganoso e segundo, imagine o que seria da história Davi sem Golias, Moisés sem Faraó sem Mar vermelho, Gideão sem os Midianitas, e por aí vai. Enfim os nossos inimigos nos promovem e nos deixaram mais fortes. Deus só prova quem ele quer aprovar isso é experiência ministerial, cada um tem a sua. Essa é a nossa.

Agora você está do volta ao Raiz Coral. Qual o motivo do seu retorno?

Deus me escolheu pra fazer o que eu faço e me deu um ministério, não só um grupo. Agora tenho estrutura para cuidar do ministério, o grupo é só uma conseqüência. Acredito que esse ministério já abençoou e abençoará muitas pessoas, isso não pode ser menosprezado por causa de uma mensagem sugestiva. Como líder desse ministério comprei a briga, ninguém além de mim poderia responder acertadamente sobre qualquer pergunta ou especulação. Quem conhece mais a vinha que o dono da vinha?

Como foi a recepção do público ao seu primeiro CD solo, o “És meu herói”?

Fantástica e surpreendente! Deus me abençoou com uma sensibilidade espírito músical e automaticamente criei um publico fidelizado. Sempre respeitei o publico tentando dar o que eu tinha de melhor na medida do possível. O Publico quando vê o selo da Saas Music já sabe que não vai ter que engolir qualquer coisa feita de qualquer jeito e sem conteúdo. Sabe que vai ouvir algo satisfatório, autêntico e autoral.

Você está produzindo o novo trabalho do Raiz Coral, certo? O que podemos esperar deste trabalho?

Um CD autêntico e autoral.

Quais serão as diferenças entre este novo CD do Raiz Coral e o CD “Pra louvar”?

Maturidade. Imagine que quem tinha 15 anos naquela época agora tem 20, imagine que quem tinha 25 anos hoje tem 30. Maturidade em todos os sentidos. Pra se ter uma idéia a gravação da pequena luz que deu a polêmica toda, é datada de 2001.

No dia 12 de dezembro será feito um pré-lançamento do novo CD do coral. O que a galera pode esperar para este evento?

A presença genuína do Espírito Santo de Deus.

Você agora está de volta com o Raiz Coral, porém ainda mantém carreira solo, certo? Como isto funciona? Dá pra organizar bem o tempo?

Sim, quem faz isso é a AW Produções. Eles quem organizam nossas vidas, de ante mão te digo que não é uma tarefa fácil.

Os próximos títulos divulgados pela “Saas Music” saem quando?
Lançamos nesse fim de ano o CD Jessé, Bruno Beringehr e Extrema Unção, e pretendo lançar no começo do ano que vem o Saas Apresenta e o Ministério de Louvor Raiz Coral.

Como é ser produtor, cantor, empresário e líder de um coral de quase 40 pessoas?

Normal, quando se foi chamado pra isto e quando se tem uma equipe competente como a minha, conseguimos resultados positivos. Agora duro deve ser uma pessoa que não tem chamado tentar tocar uma engrenagem como essa.

Em qual igreja você congrega?

Igreja Adventista.

Deixe um recado para os usuários do Supergospel que curtem Sérgio Saas e Raiz Coral.

Agradecemos a todos que sempre nos apoiaram e oram pelo nosso ministério, nós trabalhamos pra sermos um canal de benção pra essa nação. Aguardem os próximos lançamentos e fiquem com Deus.

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Sérgio Saas

Veja também no Super Gospel:


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.