Análises

Ouvimos a versão remasterizada do álbum de Cassiane - Tempo de Excelência. Confira nossa crítica

Tiago Abreu em 26/10/16 2870 visualizações
Lançamentos de álbuns remasterizados geralmente se justificam por questões históricas. Por vezes, envolvem uma melhor experiência de áudio, em outras, a inclusão de material bônus. Porém, no caso de Tempo de Excelência, a grande novidade é o novo projeto gráfico, produzido por Rafa Vidal com 'consultoria' de Cassiane.

Apesar da novidade, o risco de apostar em um novo projeto gráfico sem uma justificativa coerente é enorme. E, na maioria das vezes, a arte descaracteriza o aspecto histórico do disco. O álbum foi gravado em meados de 2009 e seus elementos visuais não são condizentes com o período de sua produção.

O repertório é o mesmo do álbum original, liberado nas plataformas digitais pela gravadora no ano de 2013. No entanto, as canções foram remasterizadas. E, tecnicamente, a nova master é decente, cumpre o seu papel de valorizar as originais definições do projeto já conhecido. Para um disco gerado em meio à tensão de Cassiane e seu produtor Jairinho com os entraves judiciais, todo o clima de inquietude se reproduz na gravação. Desta forma, não há demos, gravações exclusivas, ou algum material que realmente traga novidades.

Musicalmente, Tempo de Excelência se encontra exatamente no processo transitório da sonoridade que caracteriza a cantora. Com suas mudanças promovidas a partir de Faça Diferença até Viva, é um registro eminentemente pop, mas com os chavões pentecostais dos álbuns anteriores. Rei dos Reis (Anderson Freire) é a canção que melhor caracteriza o impacto da obra neste sentido. Outras canções de Freire, o compositor majoritário, tentam imprimir o mesmo sentido para o álbum, que trata, em linhas gerais, de temáticas humanas.

Vale destacar o aspecto pouco comum de projetos remasterizados no mercado nacional. E a gravadora MK Music, que distribui o registro, foi afetada pela inexperiência. Nem mesmo na distribuição digital, cujos custos são evidentemente reduzidos, não há um álbum bônus, como costumeiramente são encontrados em trabalhos do gênero. Assim, Tempo de Excelência, em sua nova versão, sofre dos problemas de pressa que envolveram o disco original e não consegue dar grandes propósitos ao relançamento.

Nota: ★★☆☆
Tempo de Excelência

(CD) 01/16


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Cassiane

Veja também no Super Gospel:

Tiago Abreu

Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), escreveu para o Super Gospel entre 2011 a 2019. É autor de várias resenhas críticas, artigos, notícias e entrevistas publicadas no portal, incluindo temas de atualidade e historiografia musical.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.