Análises

Ouvimos o disco mais recente de Bruna Olly - Deus Faz Além. Confira nossos comentários

Tiago Abreu em 17/06/17 1741 visualizações
Mesmo quando fora mais jovem, Bruna Olly sempre se pôs a dar interpretações maduras em suas músicas pop. Lançado em dezembro de 2016, Deus Faz Além pode ser considerado um ponto de mudança em sua carreira musical e se aproxima ao território congregacional.

O novo direcionamento na música da cantora era percebido desde a versão de "Forever", divulgada em vídeo no ano de 2015. Sob a produção musical de Dedy Coutinho e Hananiel Eduardo, o projeto avança em comparação a Minhas Canções na Voz de Bruna Olly (2014), pior disco de sua obra, e retoma a linha de maturação no trabalho de Olly vista desde Mais Perto de Deus (2008) e Feliz pra Sempre (2011).

Um dos pontos altos neste crescimento está em Incomparável Amor, que mescla a linguagem congregacional com os arranjos pop comuns do cenário. A cantora busca melodias menos aceleradas e juvenis como no passado, e se adapta conforme o tempo de carreira. Bruna possui identidade em sua voz e, junto aos dois produtores, não permite que o registro caia na banalidade.

As canções estrangeiras cumprem o seu papel. Em Ti Jesus e O Grande eu Sou utilizam-se das mesmas versões da banda Adoração & Intimidade, esta última também gravada por Emerson Pinheiro. Das nacionais, destacam-se a balada congregacional Deus Faz Além, a contemplativa Perfeito Arquiteto e a intensa Clame a Deus.

As três últimas canções deixam o disco menos coeso. Sinceramente, com participação de Anderson Freire, é um dueto inesperado e interessante, principalmente pelo fato do cantor ter demonstrado esforço maior em comparação a outras parcerias recentes e consegue mostrar propriedade. Em seguida, o projeto aposta em uma vibe pop-worship bastante distinta da faixa anterior com Louvor Sem Fim que, por sua sonoridade, poderia fechar o álbum.

Embora alguns contornos do álbum possam não ser tão atraentes, Bruna conseguiu recuperar o fôlego em sua obra depois do escorregadio álbum de 2014. A escolha de loops, efeitos e arranjos por Dedy e Hananiel, juntamente ao inconfundível timbre de Olly, garantem um registro que cumpre o propósito de trazer uma face renovada na música da intérprete capixaba.

Nota: ★★★
Deus Faz Além

(CD) 01/16


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Bruna Olly

Veja também no Super Gospel:

Tiago Abreu

Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), escreveu para o Super Gospel entre 2011 a 2019. É autor de várias resenhas críticas, artigos, notícias e entrevistas publicadas no portal, incluindo temas de atualidade e historiografia musical.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.