Análises

Ouvimos o novo álbum ao vivo de Daniela Araújo - Criador do Mundo. Confira nossa crítica

Tiago Abreu em 15/08/16 3103 visualizações
Em 2011, quando Daniela Araújo lançou seu projeto de estreia, surpresas pairavam pelo ar. O perfeccionismo da produção e a sinceridade dos versos faziam crer que estávamos diante de uma novidade na música cristã contemporânea brasileira. E, de fato, cinco anos depois, a autenticidade da artista é inegável.

O sucessor, Criador do Mundo (2014), pode não ter sido tão vanguarda. É mais acessível, mas conta com um bom trabalho instrumental e, sem a menor dúvida, uma dimensão conceitual ainda bem mais trabalhada que a maioria dos álbuns cristãos ditos "populares" os quais estamos acostumados a ouvir no segmento.

E, agora, Criador do Mundo ao Vivo, novo projeto que captura o show de Daniela Araújo realizado em 2015 em São Paulo, aproveita a boa fase da cantora nesta década. Afinal, se apossa de Daniela Araújo (2011) e Criador do Mundo (2014), álbuns cuja unanimidade de público e crítica no segmento evangélico são reais.

Daniela tem muitos prós em sua música e a maioria de seus atributos são vistos. Sua apresentação é enérgica, encorpada e faz-se valer de sua posição como líder. Na base, a cantora é apoiada por uma banda fortemente entrosada e que consegue, na medida do possível, criar texturas novas a canções conhecidas.

É o caso da maioria das músicas gravadas pela artista em seu primeiro trabalho. Por se tratar de um projeto cuja produção e arranjos foi o mais over-the-top possível, reproduzi-lo ao vivo seria um grande desafio. Daniela contornou a situação dando maior ênfase nas músicas de Criador do Mundo. Mas interpretações aguçadas se fazem presentes, como a pop Tempo e a faixa de maior sucesso até então em sua carreira, a dramática Guia-me, cuja performance é irretocável.

Porém, justamente por dar prioridade a seu segundo trabalho, a entrada de certas canções é um tanto quanto questionável. A entrada sinestésica de Teu Perdão e da força entregue em Criador do Mundo e até mesmo em Deus dão um contraste monstruoso com relação a momentos pouco interessantes do disco, como Te Alcançar. Fica a dúvida se canções mais interessantes e intensas como "Dimensão da Luz" e "Conexão" fariam mais sentido num projeto que é quase um greatest hits.

As participações especiais criam uma sequência coerente ao disco. Embora a performance de Jorge Araújo e Eula Paula se faça apenas presente em sua versão de DVD, Lito Atalaia embala Entrega com a mesma força dada na versão em estúdio. Parte do mérito vem exatamente das seções instrumentais feitas pelos músicos, especialmente o produtor Jorginho Araújo.

Apesar das tensões de equilíbrio no repertório, a apresentação de Daniela é muito correta, atrativa e alterna grandes momentos em sua breve carreira marcada pela resiliência. O caminho da intérprete é cada vez mais complexo e se superar parece ser palavra de ordem em sua direção artística. Araújo já é um ícone mainstream e o novo álbum ao vivo veio para reafirmar seu processo de crescimento.

Nota: ★★★★☆
Criador do Mundo ao Vivo

(CD) 01/16


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Daniela Araújo

Veja também no Super Gospel:

Tiago Abreu

Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), escreveu para o Super Gospel entre 2011 a 2019. É autor de várias resenhas críticas, artigos, notícias e entrevistas publicadas no portal, incluindo temas de atualidade e historiografia musical.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.