Análises

Ouvimos o novo lançamento da banda Stryper. Confira nossos comentários

Tiago Abreu em 19/10/15 2095 visualizações
Otimista e em boa forma, o Stryper chega a mais um disco inédito, Fallen. Promovendo a evolução e coesão sonora do trabalho anterior, o quarteto encheu-se de coragem e chega com o disco mais pesado de sua carreira.

Do power metal de Yahweh até a agressiva King of Kings, a banda demonstra ter muita autoconfiança, chegando a gravar, inclusive, um cover de After Forever, do Black Sabbath (Master of Reality, 1971). Novamente produzido por Michael Sweet, guitarrista e vocalista, o trabalho é uma vitrine para o intérprete. Em mais de trinta anos de carreira, seus agudos e harmonias vocais demonstram que sua marca ainda é forte e envelheceu muito bem.

As guitarras de Oz Fox continuam a explorar pretensiosas multicamadas melódicas. O som cresce com o petardo das baquetas de Robert Sweet. A cozinha, também formada por Timothy Gaines, não decepciona, especialmente nas primeiras faixas, Big Screen Lies e o hit Pride. Em contrapartida, a balada do álbum, All Over Again, confirma que canções mais lentas nunca foram ponto forte do grupo.

Com Fallen, o Stryper confirma para quem ainda duvidava: eles são a maior e mais importante banda de metal cristão do mundo.
Fallen

(CD) 10/15


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Stryper

Veja também no Super Gospel:

Tiago Abreu

Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), escreveu para o Super Gospel entre 2011 a 2019. É autor de várias resenhas críticas, artigos, notícias e entrevistas publicadas no portal, incluindo temas de atualidade e historiografia musical.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.