Análises

Ouvimos o novo trabalho de Tirza Silveira - Tirza Silveira. Confira nossa avaliação

Tiago Abreu em 02/10/17 1229 visualizações
Assim como Do Outro Lado do Mar (2009) foi fundamental para o refinamento da música de João Alexandre, a produção musical e arranjos de Felipe Silveira são os componentes que fortalecem a musicalidade do álbum Tirza Silveira. O pianista, que além de dirigir o trabalho, complementa com João Alexandre a missão de gerir um álbum de tônica familiar. As interpretações de Tirza são esforçadas. Sua voz é relativamente doce e, embora os anos a tornaram mais escura, se aperfeiçoam nas imediações técnicas. O percurso musical é de gêneros conhecidos do domínio da família Silveira, como a bossa-jazz em Faz Tua Vontade em Mim, Na Direção (Salmo 139) e Esse Dia que Vem. Nem Stênio Marcius e tampouco Gláucia Carvalho conseguem descentralizar a vibe doméstica do álbum. A nova roupagem de Tanto Amor, clássico de Sérgio Pimenta imortalizado pelos Vencedores por Cristo, se funde bem ao entrosamento do casal e, especialmente, às habilidades do instrumentista com o violão. Tirza Silveira quebra um hiato de cerca de 20 anos na carreira solo da artista, mas é o trabalho mais representativo, até agora, de sua identidade musical.

Avaliação: ★★★
Tirza Silveira

(CD) 01/17


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Tirza Silveira

Veja também no Super Gospel:

Tiago Abreu

Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), escreveu para o Super Gospel entre 2011 a 2019. É autor de várias resenhas críticas, artigos, notícias e entrevistas publicadas no portal, incluindo temas de atualidade e historiografia musical.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.