Análises

Ouvimos o registro de 25 anos da banda Resgate - Ao vivo. Confira nossa opinião

Tiago Abreu em 10/06/15 3091 visualizações
Depois de ter passado cerca de dez anos sem lançar um álbum consideravelmente bom, ninguém esperava que o Resgate se reinventaria de forma tão forte em 2010. Ainda não é o Último, mesmo cinco anos depois de lançado, permanece, sem a menor dúvida, dentre os três melhores lançamentos dos últimos anos no meio cristão. E nem a saída de Dudu Borges diminuiu o ritmo do grupo, que lançou Este Lado para Cima em 2012, com uma mensagem forte, pertinente, embora polêmica, relembrando a sonoridade mais pesada, apresentada no clássico On the Rock.

Os últimos projetos do Resgate reacenderam, e muito, o interesse do público cristão, atraindo a juventude que não vivenciou seus anos de ouro na década de 90, e influenciando artistas e músicos cristãos que ainda estão no início de suas caminhadas. A partir de toda esta maturidade musical, é lançado o ao vivo 25 Anos, gravado em setembro de 2014.

O lançamento de Aos Vivos, em 2013, provavelmente deixou o quarteto sem a opção de várias canções para este novo registro ao vivo. Assim, decidiram retirar do baú canções esquecidas, envolvendo-as numa sonoridade eletroacústica, com um arranjo de cordas que não retirou a vibe vintage característica do Resgate, executado pela Orquestra Musitá. A agressiva Doutores da Lei, acompanhada de Amor, certamente são alguns dos melhores momentos. Mais ousada, ainda, foi a escolha de gravar All You Need Is Love dos Beatles, pois mesmo se tratando de uma banda clássica na história da música, há um preconceito evidente, por parte de muitos cristãos, em relação a música dita “secular”. É uma versão muito bem construída, com a participação de Carlinhos e, do parceiro de muitos anos, Paulo Anhaia. Sir. James Paul McCartney e John Lennon, ao ouvir, certamente estariam satisfeitos por este tributo ao fab four. Além destas parcerias, Adhemar de Campos também colabora em Amigo de Deus.

As três inéditas do projeto também surpreendem, e nos relembram de muitas questões recorrentes dos últimos projetos. São canções que reafirmam a soberania de Deus e fazem reflexões contundentes acerca do contexto atual, tanto na esfera cristã, quanto deste mundo pós-moderno. Ninguém Vai Saber é certamente candidata a uma das melhores canções de 2015, enquanto Luz conta com riffs inspirados de Hamilton Gomes. Ele não fica atrás das anteriores, contendo um arranjo vocal agradável, com sua letra muito bem articulada.

No geral, o álbum ainda é uma surpresa, mesmo para os que já estão acostumados a ouvir os registros ao vivo do Resgate, cujos integrantes souberam acrescentar elementos até então inéditos em uma gravação. Destaque para a qualidade de edição da versão em CD, e da captação de áudio feita.

Nota: ★★★★☆
25 anos - Ao vivo

(CD) 01/15


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Resgate

Veja também no Super Gospel:

Tiago Abreu

Jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), escreveu para o Super Gospel entre 2011 a 2019. É autor de várias resenhas críticas, artigos, notícias e entrevistas publicadas no portal, incluindo temas de atualidade e historiografia musical.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.