Análises

Ouvimos o segundo volume comemorativo de 30 anos da MK Music - Grandes Encontros. Confira nossa avaliação

Gledeson Frankly em 12/10/17 1553 visualizações
Em continuidade à série Grandes Encontros, a gravadora MK Music disponibilizou os novos vídeos do projeto, primeiramente, no YouTube, com o objetivo de se adequar aos novos padrões digitais que mudaram o consumo de música. O intuito deste segundo volume é revisitar canções que marcaram a música cristã e a história da própria gravadora entre 1997 e 2007.

Rogério Vieira e Marina de Oliveira continuam a ser responsáveis pela produção musical e, assim como no primeiro volume, buscam acrescentar elementos atuais na estrutura das músicas, sem perder a essência da gravação original. Neste volume, o esforço dos produtores em buscar uma sonoridade moderna para os clássicos é clara, visto que houve uma junção entre pop e congregacional nesta década visitada pela gravadora.

Tira-me do Vale abre a série com um dueto coeso entre as irmãs Eyshila e Liz Lanne, que souberam transmitir emoção nos vocais auxiliadas por um instrumental mais contemporâneo que a original. Em seguida, temos Rompendo em Fé com uma sonoridade worship amparada pela presença de Aline Barros e da Comunidade Internacional da Zona Sul. No entanto, os vocais de Aline, Edson Feitosa e Julia Peixoto não deram liga e soaram estridentes em determinados momentos. Delino Marçal se uniu a Kleber Lucas em Deus Cuida de Mim e, juntos, entregaram um bom dueto numa faixa que fugiu dos já conhecidos arranjos intimistas, acrescentando mais energia e dinamismo.

Cassiane já adentrou o território pop em seus últimos discos e Rogério Vieira tentou transmitir essa vertente na nova versão de Com Muito Louvor, maior sucesso da cantora. Auxiliada por Bruna Karla, brilho e jovialidade são a marca desta releitura marcada, principalmente, pela bateria de Leonardo Reis e guitarra de Duda Andrade. Aos Pés da Cruz tira Marina de Oliveira dos bastidores e a coloca na linha de frente com Kleber Lucas em um dueto consistente que confirma a importância da faixa e dos intérpretes.

Espírito Santo é, talvez, uma das faixas de maior sucesso do repertório de Fernanda Brum. Desta vez, a cantora se juntou com Eyshila, compositora da faixa, e dividiram os vocais da canção marcada pela sinceridade e entrega das intérpretes. Ao final, novamente Eyshila se destaca pela regravação de Terremoto com bons arranjos conduzidos por Marina de Oliveira e Rogério Vieira, dupla eficaz na produção desta série.

Avaliação: ★★★☆☆
Grandes Encontros MK 30 Anos – Vol. 2

(CD) 01/17


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Vários artistas

Veja também no Super Gospel:

Gledeson Frankly

Paulista, cristão e acadêmico em administração pela UNIFESP. Escreve para o Super Gospel desde 2017.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.