Notícias

Ramon Torres e a História da Música Cristã no Brasil - Década de 60 : Arautos de uma era inesquecível

Redação em 26/10/21 260 visualizações
Ramon Torres e a História da Música Cristã no Brasil - Década de 60 : Arautos de uma era inesquecível

Uma Década inesquecível e transformadora, socialmente, economicamente, culturalmente. No Brasil as mudanças são profundas, o golpe militar é sentido em todos os aspectos da vida brasileira, na música cristã as coisas não são diferentes. Surgem nessa década alguns nomes que vão mudar para sempre a história da música cristão brasileira.

Os discos em 78 rotações são aposentados em 1964, o LP de 33 rotações domina o mercado e a Philips lança a revolucionaria fita K7.

Já temos varias gravadoras em atividade, nomes como Boas Novas, Favoritos Evangélicos, Estrela da manhã estão crescendo e a Califórnia(famosa pelos discos sertanejos) começa a lançar também discos evangélicos.

Luiz de Carvalho, Edgar Martins, Feliciano Amaral e outros cantores de linha mais tradicional continuam firmes forte em sua jornada gravando discos. Surgem nomes e historias que literalmente dariam um livro, temos as primeiras gravações de Antonio Bicudo e seu “Vaso de bençãos”, a conversão da dupla Curió e Canarinho, Josely Scarabelli inicia sua carreira, Matheus Iensen começa suas gravações e a ótima relação com a Radio Marumby, Otoniel & Oziel começam suas gravações e incluem seu irmão mais novo em um disco, seu nome? Ozeias de Paula, outro grupo importante a começar suas gravações foi o Conjunto Novo Alvorecer.

Muito nomes estão surgindo, gostaria de destacar agora dois grupos que são formados na década de 60 e se tornam um grande divisor de águas: Arautos do Rei e Vencedores por Cristo

Em 1963 é formada a versão brasileira do conjunto Arautos do Rei, o grupo que pertence a Igreja Adventista, já existia nos Estados Unidos e tinha uma versão para língua espanhola os Heraldos del Rey. Com esse grupo os Adventistas ganham forte respaldo em sua evangelização, a qualidade é uma marca do grupo até os dias de hoje.

Em 1968 o missionário Jaime Kemp forma um grupo de jovens evangélicos para treinamento missionário e define a música como principal ferramenta de evangelização. No mesmo ano é gravado um compacto, toda a influência é americana e as músicas são na verdade hinos traduzidos. Estava formado o mais importante ministério musical cristão do Brasil. É claro que ninguém, nem o próprio Jaime Kemp, imaginaria isso, mas o que aconteceu nas décadas seguintes é simplesmente histórico

Vamos retratar em outros textos, mas eis a lista de alguns compositores/cantores revelados por VPC : Adhemar de Campos, Adilson Massao Suguihara, Aristeu Pires Júnior, César W. Elbert, Gérson Ortega, Guilherme Kerr, João Alexandre, José Roberto Prado, Jorge Rehder, Jorge Camargo, Lamartine Possela Sobrinho, Mário César Andreotti, Marlene Wasques, Maurício Caruso, Maurício Domene, Nelson Bomilcar, Sérgio Leoto,Sérgio Pimenta, Rubem Ciola, Wesley Vasques. 

Talvez muitos nomes não sejam mais tão conhecidos hoje, mas garanto a você que em algum momento de sua história dentro da igreja, você cantou ou cantará algo ligado a Vencedores por Cristo.
 

Ouças as músicas e saiba mais sobre:

Veja também no Super Gospel:


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.