Análises

Reality One (Soul Dreams)

Roberto Azevedo em 31/03/06 11093 visualizações
O Soul Dreams surgiu em 2000, quando Rick (Ricardo Lira) chamou amigos de infância que tinham o mesmo gosto musical e um mesmo sonho de formar uma Banda Gospel de Black Music.

O som da banda tem nítidas influências de Fred Hammond e Yolanda Adams, entre outros, mescla o soul dos anos 70 com a modernidade do r & b atual. Entre suas influencias nacionais temos Silvera, Marquinhos Gomes e João Alexandre.

Outro grande diferencial do grupo, esta em sua qualidade vocal, com suas vocalizações elaboradas e em sua musicalidade, pois fazem uma fusão marcante, mostrando em suas apresentações o verdadeiro sentido da black music.

Após gravarem Soul of The Jesus pela Abril Music, Rick, Aldo, Dee e Danny foram contratados pela Gospel Records, que relançou o disco com o título Reallity one.

Nesta mudança entraram algumas canções novas no repertório do disco, enquanto as outras, com exceção de Humanidade, continuaram com o arranjo anterior. A formação também mudou. Fabi substituindo Danny.

Atualmente Day (Dayane) substitui Dee, ficando essa a formação atual: Rick, Aldo, Fabi e Day.

Ricardo Lira, tecladista, produtor musical e líder da banda e Aldo Gouveia, produtor vocal, são nomes bastante respeitados no meio musical, tanto no gospel, tanto no secular. Já gravaram com Travessos, Rhimena, Kátia Nascimento, The family, Swing Original, Polegar, Dominó, Banana Split, Alexandre Pires, Dj Alpiste, Oficina G3, entre outros.

Faby é uma vocalista experiente no meio gospel, foi backing vocal da cantora Priscila Angel e participou dos cd´s da Banda Reluz, Comunhão e Adoração e do cantor Alexandre Pires.

Dayane também participou como backing de diversos cd´s e bandas, como por exemplo, a banda Gerd.

Em 2003 eles foram considerados a grande revelação da música gospel.

Em julho de 2005, ao lado de Dj Alpiste, Raiz Coral do Quarteto Feeling gravaram o cd e dvd “O Melhor do Black Gospel”. As músicas escolhidas foram A casa vai cair e Vencedor ambas inéditas.

Quero você dá inicio ao cd. Traz a participação do pregador Luo e uma pegada r & b de 1ª qualidade. Destaque para o rap interpretado pelo Luo (o que não é novidade pra ninguém) e para as nuances vocais realizadas nos arranjos de voz.

Humanidade de Maurílio Santos, gravado pela Banda Rara em cd homônimo vem em uma versão cheia de swing, lembrando grupos clássicos da soul music, como Earth, Wind and Fire.

Após um interlúdio chegamos a canção O motivo que traz uma pegada soul envolvente, facilitada pelo refrão de fácil assimilação. As interpretações nas estrofes revelam o potencial vocal da banda.

Soul of the Jesus traz um clima de r & b com hip hop. O rap desta vez é interpretado por Lito Atalaia. O teclado atrasado dá um toque swingado na levada.

Quero louvar de Robson Nascimento, gravado também pelo Groove Soul no seu album I Sing é uma das canções que foi acrescentada no repertório do disco no momento da mudança de gravadoras.

Doce som (I Love you Lord) é uma versão de Laurie Klein e uma das melodias mais belas que já ouvi. A letra é pequenininha, mas a interpretação de Dee e Faby é perfeita e cativante. Afinadíssimas.

Santifica é uma oração. Traz a participação de Silvera e Dany Quirino reforçando os vocais. “Santifica Deus, renova Deus, completa Tua obra em mim. Tú És Deus e fora de Ti outro não há, então age Deus e faz em o que tu querer”.

O hino tradicional Tu és fiel traz a participação mais que especial de Kelly Lopes.

Sacrifício de amor traz de novo a participação de Silvera e Daniel Quirino no backing. É um charme muito bem produzido que versa sobre I Coríntios 13. “Não adianta ter o mundo inteiro se não tiver amor”.

Só Jesus mantém o clima “charmeiro” do álbum. Novamente com Silvera e Daniel Quirino no back e desta vez com Cezar Furtado (Ted) no contrabaixo. Essa canção versa sobre a suficiencia de Cristo em todas as circunstâncias de nosso dia a dia.

Louvarei tem uma pegada mais cadenciada, porém muito expressiva. Conta com outro refrão de fácil assimilação.

Todo dia tem uma levada mais animada que a anterior. Muito groove, pegada funkeada, teclado e baixo cadenciando o ritmo e mais um refrão de fácil assimilação. Ponto pra banda, pois canções deste tipo são ótimas para interagir com a igreja em apresentações ao vivo.

Em outubro do ano passado, a banda gravou na Renascer Copan seu segundo trabalho pela Gospel Records. Desta vez ao vivo. O show foi produzido pela Sampa Gospel Produções e Eventos e teve a participação do Coral Kadmiel de Campinas.

Com grande talento e inegável potencial o Soul Dreams tem feito jus ao seu nome e se destacado no cenário da Black Music nacional.

Rick Lira desfila sua competência musical em toda a produção, confirmando seu nome ao lado de Silvera, Rogério Sarralheiro, Sérgio Saas, Luciano Claw, Fábio Macari, Luo, entre outros, como talentosos expositores da música negra nacional.

O suporte da Sampa Gospel, uma agência de eventos de referencia e prestigio no mercado, que tem em seu cast nomes como Maurílio Santos e Templo Soul, é um reforço a mais para o progresso desse sonho, “que está apenas começando”.

Busque a Deus não apenas de uma forma que faça sentido para você mas como Ele quer que vcs o busquem, como um verdadeiro adorador, para que assim ele possa se mostrar para vocês”. Soul Dreams

Vale a pena conferir.
Reality One

(CD) 01/70


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Soul Dreams

Veja também no Super Gospel:

Roberto Azevedo

Roberto Azevedo é cristão e membro da Comunidade Evangélica Betel (RJ). É militar e curte música, filmes e games (não necessariamente nesta ordem). É o principal colaborador do SuperGospel desde 2005.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.