Análises

Tempo Favorável, o novo trabalho do Sarando a Terra Ferida

Roberto Azevedo em 18/09/09 10621 visualizações
O Ministério Sarando a Terra Ferida de Nova Iguaçu lançou seu primeiro trabalho em 2006. E apesar de não duvidar das promessas de Deus liberadas para o grupo, nunca poderia imaginar que em tão pouco tempo já estariam lançando o terceiro álbum com aceitação de veterano.

O álbum Tempo favorável chegou as lojas em julho de 2009 e já entrou na lista dos mais vendidos do segmento e a música de trabalho, "Tempo Favorável", entre as mais pedidas nas rádios.

Como time que está ganhando não deve ser alterado, Rogerinho assinou mais uma vez a produção do disco. São 14 faixas, no melhor estilo louvor congregacional. Uma música pop, com arranjos belíssimos e letras edificantes e tocantes. São composições do próprio grupo em parceria com o amigo e membro da igreja Marcelo Bastos.

Lenny Cardoso, uma das vocalistas do ministério, parece cantar ainda mais. Com sua voz inconfundível e marcante ela passa sentimento ao louvar e clamar a cada acorde. Não tem quem não seja tocado por sua força e beleza vocal. Com certeza um talento preparado e refinado por Deus. Os demais integrantes seguem no mesmo patamar, cada qual com sua função na banda. Ramona Freitas (vocal), Polly Campos (vocal e violão), Rafael Black (vocal e bateria), Paulo Sérgio 'Grande' (guitarra), Daniel Marinho (baixo), Paulinho Felipe (teclado) e pr. João Roberto (ministro de louvor).

O título “Tempo Favorável” nasceu de uma palavra profética que a igreja recebeu para o ano de 2009.

O repertório abre com a alegre e festiva O melhor de Deus. A canção versa sobre bênçãos e é conduzida por uma bateria bate-estaca, efeitos de teclado e por power chords de guitarra.

O haja de Deus tem uma letra curta e possui uma cadência bem congregacional com uma linha melódica envolvente. A mixagem deixou o teclado bem na frente dos demais instrumentos conduzindo o hino. Destaque para a dinâmica instrumental do arranjo.

A faixa título trata sobre fé, esperança e promessas. Tempo favorável é uma oração a Deus. “Eis me aqui Senhor, muda minha sorte. Enxugue as lágrimas que os dias maus fizeram rolar. Eis me aqui Senhor, ouça o meu clamor e faz-me crer que ainda vou viver um tempo favorável”.

Em clima de pop rock entoamos Só me resta te adorar. O louvor é ministrado por Ramona Freitas. Destaque para os riffs de guitarra e para a pegada do violão.

Indesistivel (que jamais desisti) é outro hino sobre perseverança. “Eu não vou retroceder, eu não vou me acovardar, pois vivo na mira do olhar daquele que tudo pode ver”.

Na faixa seis temos O grande Eu Sou que da continuidade nas letras sobre vitórias. A música é alusiva a diversos personagens bíblicos, como Lázaro, Davi, Moisés e etc... Destaque para o solo de sinth-lead.

Como o próprio nome indica, Fornalha faz alusão ao fato narrado no Livro de Daniel, sobre seus amigos Sadraque, Mesaque e Abednego que foram lançados na fornalha ardente e nada sofreram, mas também citam Paulo, Silas e Jó. “Posso ir pra fornalha, não te negarei. Podem me aprisionar, la te louvarei. Se o dia mal chegar e tudo me levar, o Senhor me deu, o Senhor me tomou, Bendito seja o nome do Senhor”. Um desafio confrontante e reflexivo em relação ao que tem sido pregado hoje em dia pelo tele-evangelistas.

Um novo tempo é ministrado por Rafael Black e prega, mais uma vez, sobre proteção e provisão. “Nossos planos e sonhos não mais serão frustrados. O Senhor me prometeu, onde eu pisar é meu”. Destaque para o arranjo de cordas sampleado. Destaque mesmo!

Lugar em ti é uma das melhores. Arranjo com sonoridade black music, efeitos de teclado, licks de guitarra, nuances de dinâmica executadas pela banda e uma letra de adoração a Deus. Muito boa.

Polly Campos ministra o pop rock Coisas de Deus. O louvor possui uma cadencia alegre e dançante. Destaque para as intervenções melódicas do órgão.

Outro momento de adoração contemplativa esta presente em Sara-me que é uma oração de contrição e entrega. “Não importam os motivos, não importam as razões, voltarei, voltarei para agradecer.”

Em clima de júbilo temos o pop rock Sou o que sou que versa sobre evangelismo. “Haja o que houver, seja o que for, nada vai calar a minha voz”. Mais uma vez destaque para as guitarras.

As faixas, principalmente esta última seqüência, poderia estar em uma ordem mais coesa, ao invés de ficar alternando-se lentas e rápidas.

Comentários a parte, voltamos para um momento mais congregacional com Sarado estou que versa sobre gratidão. “Eis me aqui para agradecer, diante de Ti me rendo em adoração. O meu coração transbordando está. Eu sou grato a Ti Senhor”.

Fechando a gravação temos a balada pop Eu levarei a Tua palavra que é conduzida por um violão folk e versa sobre o Ide baseado na profecia de Isaías 61, cumprida através de Jesus no novo testamento. “Unge-me Senhor para pregar as boas novas, pra consolar os que estão tristes, pra libertar os cativos da prisão”.

Maiores informações no site oficial: www.sarandoaterraferida.com.br
Tempo Favorável

(CD) 09/09


Seja o primeiro a avaliar

Ouça e dê sua nota

Ouças as músicas e saiba mais sobre: Sarando a Terra Ferida

Veja também no Super Gospel:

Roberto Azevedo

Roberto Azevedo é cristão e membro da Comunidade Evangélica Betel (RJ). É militar e curte música, filmes e games (não necessariamente nesta ordem). É o principal colaborador do SuperGospel desde 2005.


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook

Receba as novidades de música gospel diretamente no seu WhatsApp. Seja avisado sobre novos vídeos ou músicas.

Entrar no grupo

Este é um serviço totalmente gratuito e você pode sair quando desejar.