Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Meu Coração É Teu Altar
(Shirley Carvalhaes)

Daniel de Carvalho em 02/05/2016
Para o Super Gospel
Meu Coração É Teu Altar

Compre este CD agora

Faixas:
1. Como na Primeira Vez
2. Vou Adorar
3. Não Vou Desistir
4. A Hora é Essa
5. Um Escolhido
6. Adorar
7. Roda da Vitória
8. Maior Excelência
9. Vai dar Certo
10. É Pra Guerrear
Todo artista leva consigo o dilema de renovar-se artisticamente a cada trabalho sem perder a sua essência. É uma tarefa árdua e difícil para qualquer pessoa. Shirley Carvalhaes, no meio evangélico, é um destes nomes. Cantora que, em quatro décadas, leva consigo uma infinidade de músicas eternizados pela sua potente voz e uma carreira dinâmica que não parou no tempo, continua a ser profílica. Seu novo trabalho, recém lançado pela Sony Music Brasil, Meu Coração É Teu Altar, mostra-a provando o porquê tem uma carreira longeva.

A produção musical foi assinada por Ronny Barboza, Edmilson Braga e Cleybinho, enquanto envolve técnicos e engenheiros de som experientes, como Bene Maldonado (Fruto Sagrado) e Luciano Vassão. Os três músicos responsáveis pelo direcionamento artístico do disco, juntamente com Shirley, se propuseram a criar um projeto que mantém as raízes pentecostais de Carvalhaes, mas que também a introjeta em temáticas e influências congregacionais. Para uma cantora que se envolveu em outros gêneros ao longo da carreira, este caminho gera uma reminiscência de obras passadas, ao mesmo tempo em que se olha para frente. A qualidade da produção musical, no geral, é muito boa e supera os mais recentes discos da artista.

É inegável que o repertório, composto por dez faixas, é um tanto quanto voltado à adoração em terrenos congregacionais e pop rock, mas mantém o toque pentecostal que consagrou Shirley no mercado. A primeira faixa, Como na Primeira Vez, é caracteristicamente extravagante. Shirley Carvalhaes e Gidel Lannes duetam em uma regravação do Casa de Davi. Com orquestra, backings melódicos e um caráter mais radiofônico, Vou Adorar é uma das canções de maior peso do projeto e dá sequência coerente à primeira canção.

A partir da terceira composição do repertório, Não Vou Desistir, o disco fica heterogêneo, mas as parcerias continuam. A sonoridade pop melancólica gera parceria com Matheus Aguiar, enquanto, com um forte contraste, A Hora é Essa retoma o clássico forró quase obrigatório em todo disco pentecostal. A canção, com instrumentos acústicos e elétricos, é um das melhores canções do nicho dentre os mais recentes lançamentos. Em seguida, o disco novamente fica mais lento e introspectivo. Com arranjos cheios de nuances nos teclados e cordas, Um Escolhido é uma marca registrada da cantora que, em uma sonoridade densa, põe sua identidade.

Outra regravação do projeto, Adorar, já registrada na voz de Léa Mendonça, é outra canção de forte caráter power pop, com várias frases de guitarra e cordas que, musicalmente, remetem ao Aerosmith. A assinatura de Anderson Freire dá contraste a uma das composições da dupla Júnior Maciel e Josias Teixeira. A Roda da Vitória é também de sonoridade mais imponente, porém se debruça em temáticas humanas.

Apesar de ser fincado nas letras congregacionais, Shirley não ignorou seu passado. Maior em Excelência, balada de letra poética, relembra vinis de sua longa discografia, como Renúncia (1985). A harmonia é agradável e dá suporte a versos cristocêntricos. Da mesma forma, as músicas que encerram a obra, como Vai Dar Certo, mantém a consistência da produção musical. É Pra Guerrear, por sua vez, relembra os forrós do álbum Página Virada (2005). As interpretações de Shirley mostram a força que sua voz tem, ainda hoje.

Ao contrário de vários lançamentos pentecostais recentes, Meu Coração É Teu Altar se mantém uniforme e constante. A experiência artística de Shirley Carvalhaes é notável nas escolhas do repertório. Ronny, Clebinho e Edmilson conseguem trazer pop com flertes de rock, mas também registros pentecostais que se debruçam em letras mais verticais. Após quatro anos, a cantora soube aproveitar o tempo e trouxe um disco que renova sua imagem musical, mas que se sustenta em todo o percalço feito até aqui.

Nota: ★★★★☆


Compre o CD Meu Coração É Teu Altar na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.