Notícias

Eli Soares ganha seu primeiro Grammy Latino com o álbum “Laboratório do Groove”

Redação em 21/11/22 559 visualizações
Eli Soares ganha seu primeiro Grammy Latino com o álbum “Laboratório do Groove”

O compositor e cantor gospel Eli Soares venceu o prêmio de Melhor Álbum Cristão (em português) do Grammy Latino 2022,  pelo álbum “Laboratório do Groove”. É a primeira vez que Eli Soares ganha o Grammy. Além disso, já foi indicado outras quatro vezes.

O cantor não esteve na cerimônia que acontece na noite desta quinta, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Eli Soares concorria ao lado de outros quatro grandes nomes da música gospel, são eles: Asaph com o projeto “Antes da Terapia”; Clovis com “Epifania”; Bruna Karla com “És Tudo”; e, Antonio Cirilo com “O Samba e o Amor”.

Natural da cidade de Belo Horizonte, Eli Soares começou a carreira na música ainda pequeno. Criado em lar evangélico pelos pais, o cantor aprendeu a tocar bateria e violão e, ainda criança, tocava na igreja.

Em 2017, seu álbum “Memórias” foi indicado ao Grammy Latino de 2017 de Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa, ainda nesse mesmo ano, participou do projeto Loop Session Friends, junto com Mauro Henrique e Guilherme de Sá.

Em 2018, Eli lança um EP com o título “Aonde Está Deus?”. O trabalho foi a base de seu álbum de estúdio seguinte, o projeto “360 Graus”, este último recebeu avaliações favoráveis da mídia especializada e chegou a ser indicado ao Grammy Latino. Apesar de não ter vencido, Eli Soares foi o produtor musical do álbum vencedor, o projeto “Guarda Meu Coração”, de Delino Marçal.

Em 2020, novamente foi indicado ao Grammy Latino com o álbum “Memórias 2” na categoria “Melhor álbum em Língua Portuguesa” e pela terceira vez não venceu.

Pelo segundo ano seguido e pela quarta vez em sua carreira Eli Soares é indicado ao Grammy Latino em 2021, com o álbum “Eli Soares 10 Anos”. Novamente, o artista não venceu.

“Laboratório do Groove” conta com sete faixas inéditas e autorais, são eles: “Tudo Passa”, “Dele, Com Ele”, “Viver O Amor”, “Se Eu Cair”, “Ele É”, “Pela Fé” e “Graça Maravilhosa”. Gravado no Estúdio MIX, em Belo Horizonte (MG), o título do álbum, como o próprio nome já nos indica, traz em seu repertório músicas inspiradas na black music dos anos 70 e 80, sonoridade que sempre esteve muito presente na discografia de Eli.

Ouças as músicas e saiba mais sobre:

Veja também no Super Gospel:


Comentários

Para comentar, é preciso estar logado.

Faça seu Login ou Cadastre-se

Se preferir você pode Entrar com Facebook