Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Show ao vivo - Gravado em São Paulo
(Apocalipse 16)

Roberto Azevedo em 23/02/2007
Para o Super Gospel
Show ao vivo - Gravado em São Paulo

Compre este CD agora

Faixas:
1. 2ª Vinda - A Cura
2. A Chave da Vida
3. Não Perca Sua Vida na Noite
4. Tributo a Jeovah (Versão APC 16)
5. Paz Nas Quebradas
6. Muita Treta
7. Ho, Ho, Ho, Tô na Paz do Senhor
8. Caia com a Babilônia ou brilhe na luz de Jesus
9. Só Bam Bam Bam
10. Bons Tempos
11. Deus Esperava Mais
12. Tema dos Guerreiros (Remix)
13. Nova África Celestial
Neste mais novo lançamento da black music nacional conferimos a performance espetacular do Apocalipse 16, em uma produção nunca vista antes na história do hip-hop brasileiro. O grupo celebra seus 10 anos de existência e os 17 anos de carreira de seu fundador, Pregador Luo.

O Apc 16 (como é conhecido pelos fãs) fez uma verdadeira revolução no rap gospel e secular em todo o Brasil. Tudo teve início com Arrependa-se e estourou com Segunda vinda - A cura. Nessa época a formação era Luo, Charles MC e Dj Beitico, ausências sentidas entre os convidados do evento.

O show ao vivo, gravado em São Paulo, foi uma noite de comunhão com os amigos, com os fãs e sobre tudo com Deus. O registro foi lançado em cd e dvd e trás as participações especiais de Rappin' Hood, Thaíde, Pr. Adhemar de Campos, Robson Nascimento, Xis, Silvera e DBS, entre outros.

Na produção Luo conta com a colaboração de dois dos melhores produtores de black music nacional. Rogério Sarralheiro (do Templo Soul) e Luciano Claw (que já havia se destacado com as bases que criou em D´alma e no seu disco solo Sentimentos). Verdadeiramente este lançamento vem fechar com chave de ouro mais um ano de qualidade e profissionalismo deste segmento da música evangélica.

A banda é formada pelos irmãos Fábio e Alexandre Aposan (respectivamente baixo e batera da banda Salluz que acompanha PC Baruk), pelo tecladista Waxendo e os percussionistas Valentino e Alberes. Rogério na guitarra e Claw no teclado completam a gig.

No back vocal um quarteto de primeira: André Mota, os irmãos Ton e Karina Carfi (Raiz Coral) e Júlio de Castro (que acompanha Luo desde seu álbum duplo solo RevoLuoção).

O culto começa com 2ª vinda – a cura. Luo, Robert MC e Dj Negrito (a nova formação do Apc depois da saída de Charles MC e Dj Beitico) versam sobre a função do evangelho, que não é só para salvar alguns, mas é também para condenar outros. A partir dos versos passamos a acompanhar a genialidade das letras que vai além, muito além dos clichês evangélicos e gírias de crentes.

Cristãos acostumados com o louvor mais tradicional podem até “torcer o nariz” mas não podem negar que a banda prega o evangelho de Cristo de uma forma eficaz.

A chave da vida também versa sobre salvação e condenação eterna. Duas faces da mesma moeda. Versos como “Viver eternamente ou morrer eternamente, escolha o que quer, mas escolha sabiamente” nos levam a refletirmos sobre o fato de que vamos viver nesta terra um período máximo de 80 anos e que todo o resto de nossa vida será passada na eternidade. Em que temos crido? Será que estamos realmente prontos para essa realidade? O instrumental “brinca” de tocar, mesclando groove com jazz. Excelente!

Sem parar pra respirar a banda emenda direto em Não perca sua vida na noite. O titulo já resume o assunto. Os rappers buscam conscientizar a juventude com versos do tipo “mulher que é esperta não engravida a toa”; “mano que é esperto não produz mãe solteira”; “nem são candidatos a futuros portadores do HIV”, entre outros. Resumindo: Muitas vezes o barato sai muito caro.

A faixa que também traz momento jazzísticos no instrumental, conta com a primeira participação especial da noite. Thaíde (o Marcelo Diamante do seriado e filme “Antonia” de Tata Amaral que conta também com Sandra de Sá, Negra Li, Leilah Moreno, entre outros, no elenco). A canção termina em ritmo de reggaeton.

A segunda participação é muito bem vinda por tudo que ele representa na música evangélica nacional. Com Tributo a Iehovah pastor Adhemar de Campos, Luo e Robert MC dirigem um entusiasmado coral de vozes na platéia da Igreja. Fenomenal!

Em sua maioria, as músicas do Apc 16 tratam de circunstancias do nosso dia a dia e de situações que ocorrem nas regiões mais marginalizadas. (guetos, favelas, morros, presídios, quebradas, etc) Paz nas quebradas trata desses assunto de uma forma fria e inteligente. Funciona como um raio-x na violência do dia a dia.....drogas, álcool, sexo, aborto, tráfico, armas, chacina, etc...e como uma critica abordando o descaso do governo em relação as condições precárias em que muitos vivem hoje em dia. Sem acesso a escola, emprego e lazer. O convidado da vez é o rapper Xis (aquele que da “Casa dos Artistas” lembram?). O hino termina em ritmo de new metal.

Em Muita treta Luo divide os vocais com mano Kaos. “Treta” pode ser traduzido como o “lado negativo” do jeitinho brasileiro. Se é que o jeitinho brasileiro tem um lado positivo. Vamos da corrupção nos guetos e favelas até a corrupção no governo. A letra é fantástica. Apesar de ser antiga, é super atual.

Ho, ho, ho – Tô na paz do Senhor é uma das canções que eu mais gosto e que infelizmente não esta presente no dvd (apenas um trecho é registrado nos extras). No final temos um turn around sobre o refrão da canção Um mundo bem melhor e Luo aproveita para ministrar sobre união

Caia com a babilônia ou brilhe na luz de Jesus traz uma roupagem reggaeton. É um clamor contra a idolatria, o espírito babilônico que existe na nossa sociedade, mas que também é uma tendência natural do ser humano. No final uma surpresinha regional. A banda “Apocalypso”  interpreta um forró pra descontrair a galera.

Só bam bam bam traz a participação de DBS e Rappin ´Hood. Mais uma vez os rappers agitam a galera com rimas inteligentes. Entre os grooves de vez em quando a banda encaixa um reaggae.

Bons tempos é um hino de gratidão e reconhecimento a provisão de Deus. Traz a participação de Júlio de Castro. A letra é uma poesia. Com certeza uma das melhores canções do Apc 16.

Dei sorte. A canção que eu mais gosto fez parte do repertório do cd e do dvd. Deus esperava mais traz a participação mais que especial de Robson Nascimento, companheiro de Luo desde o primeiro disco. O hino versa sobre perdão, mas de uma forma que só o hip hop poderia fazer.

Fechando a gravação temos 2 faixas em estúdio. A primeira é um remix para Tema dos guerreiros criada por Luo e Claw.

A outra é inédita. Nova África celestial traz arranjos de Luo ao lado de Silvera. A canção em alguns momentos lembra o som do “Dr Alban” e Luo prega sua mensagem de esperança e restauração em Jesus Cristo da forma que só ele sabe fazer.

Quem puder adquirir também o dvd não vai se decepcionar. Além da oportunidade de assistir as faixas citadas acima (com exceção da número 7), também ira desfrutar de Eu nunca vou morrer, Último dia (do álbum Templo Soul & Apc16) e Melancolia, além de Ton Carfi interpretando Segura na mão de Deus, momento em que Luo mostra porque se autodenomina Pregador.

Maiores informações podem ser obtidas no site: www.7tacas.com.br.


Compre o CD Show ao vivo - Gravado em São Paulo na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.