Twitter do SuperGospel Facebook do SuperGospel

Matérias em destaque



Análise

CD Deus de Milagres
(Apascentar de Louvor)

Roberto Azevedo em 19/01/2009
Para o Super Gospel
Deus de Milagres

Compre este CD agora

Faixas:
1. Tirar os Pés do Chão
2. Bondade e Paz
3. Não Recuarei
4. Deus de Milagres
5. Seja Comigo
6. Eu Vou Ganhar no Grito
7. Toca-me Outra Vez
8. Teu Filho e Nada Mais
9. Volto a Vida
10. És minha Vida
11. Glória da Segunda Casa
12. Reinar em Vida
O novo trabalho do Ministério Toque no altar foi gravado entre os meses de agosto e setembro de 2008. O álbum foi produzido por Vagner Santos. Os arranjos vocais são assinados por Vagner e Scooby, supervisionados por Éber Araújo. O disco possui 12 canções ministradas por Rafael Bitencourt.

O Projeto gráfico de Rafael Feijó mantém a beleza e qualidade existentes em “É impossível, mas Deus pode”. O encarte é muito maneiro. É menos produzido que o anterior que era em uma embalagem multipack, mas é muito bem feito.

Os louvores começaram a brotar após uma revelação dada pelo Senhor Jesus ao Pr Marcus Gregório. Nesta revelação houve uma expressão que marcou o Ministério Apascentar de Nova Iguaçu no ano de 2008: “O Brasil precisa conhecer o Deus de milagres!”.

A gravação inicia com a alegre e festiva Tirar os pés do chão. A canção versa sobre vitória. Destaque para os loopings de teclado e para os ataques do naipe de metais.

Dando continuidade a este momento de júbilo temos Bondade e paz. Destaque para os riffs de guitarra de Johny Mafra, para as quebradas do naipe de metais e para a dinâmica da banda, no turn around final, interagindo com a galera.

“Confie no nome de teu Deus, que jamais te deixará. Você é filho que não luta sozinho. Não recue, não se entregue. Olhe para frente, Deus te levará a conquistas sobrenaturais. Confia no teu Deus”. Não recuarei versa sobre esperança e persevererança. Destaque para os clusters do naipe cordas. Mais uma vez temos um final cativante e envolvente.

A faixa título é precedida por um testemunho de Rafael Bitencourt. Deus de milagres mantém a roupagem harmônica e melódica que já é característica do Ministério, que é conhecido por musicalizar as mensagens das campanhas realizadas pelo pastor Marcus Gregório.

Dando seqüência a este momento entoamos Seja comigo. O hino começa conduzido por um violão folk e trata, mais uma vez, sobre sonhos e esperança. Destaque para a orquestração do arranjo. Muito bacana mesmo.

Na faixa seis temos a pegada dançante de Eu vou ganhar no grito que disserta novamente sobre conquista e vitórias. A música é ministrada por Adriano Brito.

O repertório do álbum traz 12 faixas que versam sobre prosperidade. Um fato que não poderíamos deixar de mencionar, é que Deus não é uma apólice de seguros, que garante que nada de mal pode acontecer com os cristãos. Vide Hebreus 11 que trata sobre promessas cumpridas e não cumpridas na vida dos heróis da fé. Deus também não é um mercador distribuidor de bênçãos. Deus tem compromisso com quem tem compromisso com ele. Deus honra a fé de quem busca uma vida de santidade e renúncia em todas as áreas de sua vida. Ou seja, podemos e devemos viver a prosperidade bíblica, porém, não só cantando sobre ela, mas “vivendo de modo digno da vocação que fomos chamados” todos os dias, em nossa casa, em nosso trabalho, em nossa escola, no trânsito, nas filas, nas conversas com amigos, etc...

Comentários a parte, voltemos para as canções...

Toca-me outra vez é uma oração de contrição e entrega que conta com uma melodia bem interessante. O refrão é forte e marcante e disserta sobre restauração de sonhos, de planos, de famílias, etc...

Teu filho e nada mais é um clamor por mais de Deus em nossas vidas. Destaque para as intervenções melódicas do sax e para a condução de vozes do arranjo.

“Imaginem Jesus no túmulo e Deus se levanta do trono e diz: Volte a vida, este não é teu fim. Tiro a pedra. Meu filho eu não desisti. Não o deixei. Hoje eu vim o erguer”. O ministro Rafael e o baterista Felipe Alves (Felipinho) receberam de Deus essa bela poesia em forma de canção. Volto a vida traz um refrão denso e conta ainda com uma belíssima interpretação de Aline Santana.

Dando continuidade a este momento mais contemplativo entoamos És minha vida. O hino é um momento de reconhecimento da soberania do Senhor Jesus. Novamente destacamos as nuances de dinâmica da banda e o encadeamento harmônico do naipe de metais.

“Nenhuma perda do passado poderá se comparar com a glória que Deus irá liberar sobra a sua vida. Não importa o que você perdeu, olhe agora para o seu futuro e veja que Deus tem uma glória maior para liberar sobre você.” Glória da segunda casa versa sobre restituição.

A faixa doze fecha a gravação da forma jubilosa que começou. Reinar em vida possui uma sonoridade alegre e traz muita guitarra, bateria bate-estaca e ataques do naipe de metais.

Maiores informações podem ser encontradas no site: www.toquenoaltar.com.br


Compre o CD Deus de Milagres na loja virtual Gospel Goods

Atenção: As análises são escritas por usuários colaboradores do Super Gospel, e descrevem suas opiniões pessoais. Os comentários e observações não necessariamente refletem as opiniões do site.

Seja social :)

 

Deixe o seu comentário


Siga-nos no twitter

Fique ligado em música gospel: @supergospel

Conheça os lançamentos e promoções: facebook.com/gospelgoods (Loja virtual Gospel Goods)



Conteúdo Top





Parceiro

O Super Gospel, o portal da música gospel, é patrocinado pela loja virtual Gospel Goods
Loja virtual Gospel Goods
Copyright - 2001 - 2018 Supergospel. Todos os direitos reservados.